Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Brava: PM considera apetrechamento da Delegacia de Saúde com novos equipamentos “um grande passo”

Nova Sintra, 12 Mar (Inforpress) – O primeiro-ministro considerou hoje que os novos equipamentos recém-chegados à Delegacia de Saúde da Brava constituem um “grande passo a nível da saúde e o cumprimento de uma parte importante do programa do partido”.

Ulisses Correia e Silva fez estas considerações em declarações à imprensa após uma visita à Delegacia de Saúde, considerando que agora a Brava está “bem equipada” para os serviços de oftalmologia, estomatologia, fisioterapia, laboratórios, entre outros.

Com estes equipamentos, o chefe do Governo realçou que o serviço de saúde na ilha vai ser “facilitado”, o que terá um “grande impacto” na questão das transferências internas de pacientes e mesmo para os profissionais de saúde que trabalham na ilha.

“Há um avanço muito grande relativamente à prática da medicina e aquilo que se vai fazer a partir de agora, o que é uma grande satisfação, precisamente porque a Brava era uma ilha com muitas carências a nível de condições para a prestação de um bom serviço de saúde”, disse Ulisses Correia e Silva, acrescentando que a ilha é “muito dependente de evacuações internas para o Fogo e para a Praia”.

Assim, acentuou que com estes investimentos o Governos está a dar “um passo importante e a cumprir uma parte importante” do programa.

Por seu turno, o delegado de saúde da Brava, Júlio Barros, demonstrou a sua “satisfação” com estes equipamentos, realçando que já se encontra na ilha há quase dois anos e o serviço de saúde sempre enfrentou dificuldades e carência em relação a estes equipamentos.

Mas, com estes equipamentos, este responsável acentuou que vai permitir a visita de outros especialistas para consultas na ilha e alguns jovens bravenses já estão identificados para começarem a exercer as suas funções.

Além disso, destacou que se vai evitar muitas transferências de pacientes e os exames que eram enviados para outros laboratórios passam a ser realizados na ilha.

Igualmente, Júlio Barros informou que falou com o ministro da Saúde e Segurança Social, que se encontra na ilha sobre a necessidade de continuar com as obras na delegacia, como uma forma de “continuar a prestar um serviço cada vez melhor”.

“Isto vai repercutir no estilo de vida e na economia dos bravenses, principalmente em relação ao custo das viagens, estadia, o mar complicado, entre outros aspectos”, concluiu o médico.

O primeiro-ministro chegou hoje a tarde à Brava, onde iniciou a sua visita na Delegacia de Saúde, seguido das obras de requalificação do Centro Histórico de Nova Sintra e da construção da estrada de ligação Nova Sintra-Nossa Senhora do Monte e concluirá a sua visita com uma “conversa aberta” com os jovens.

MC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos