Brava: Marlys Miracle Foundation estuda novas estratégias para apoiar Cabo Verde

Nova Sintra, 07 Jan (Inforpress) – A dirigente e fundadora da fundação americana Marlys Miracle disse hoje que estão a estudar novas formas de apoiar o País, pensando numa estratégia de apoiar as associações e gerar algum rendimento para as classes sociais locais.

Maria Pereira explicou à Inforpress que desde 2018, altura em que foi criada a fundação, já apoiaram todas as ilhas com materiais diversos, entregues a pessoas individuais, hospitais, igrejas, escolas, Cruz Vermelha, entre outras instituições.

Entretanto, acentuou que muitas vezes tem sido complicado todo este processo que, desde início, tem sido feito na “base do amor, voluntariado, solidariedade e união de parceiros”.

Para 2021, avançou que a fundação pretende fazer parcerias com as associações e instituições locais para fazer intervenções e apoiar pessoas nas ilhas sem ter de enviar encomendas do exterior.

Na Brava já entrou em contacto com o delegado de Saúde no sentido de preparar um projecto de apoio aos doentes crónicos, assim como um projecto com os embaixadores do programa “menos álcool, mais vida”, para criar uma sala onde possam receber jovens e adultos, com programas específicos de entretenimento e aconselhamento.

Para a camada infantil está a estudar a possibilidade de ter uma sala equipada com materiais didácticos, computadores, jogos, entre outros.

A mesma fonte explicou que, com todos os equipamentos necessários, vão fazer parcerias com os produtores e fornecedores cabo-verdianos, como uma forma de trazer algum rendimento local.

A fundação finalizou o ano de 2020 entregando cestas básicas, kits e outros equipamentos para mais de 100 pessoas nas ilhas do Maio, Fogo e Brava.

A fundação, sem fins lucrativos, é registrada nos EUA mas apoia Cabo Verde e Moçambique.

MC/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos