Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Brava: Jovens com três opções de formação e qualificação ainda para este mês

Nova Sintra, 12 Jan (Inforpress) – Os jovens bravenses têm à disposição três opções de formação em áreas e de níveis diferentes para aumentarem os seus conhecimentos e prepararem-se para o mercado de trabalho.

Segundo o vereador responsável pelo pelouro da Educação, Formação, Juventude e Desporto, Mário Rodrigues, a Câmara Municipal em parceria com o Centro de Emprego Profissional da região, Fogo e Brava (CEFP) e em alguns casos com privados, já tem inscrições abertas para ainda em Janeiro iniciar estas formações.

Pela primeira vez está a ser colocada à disposição dos jovens bravenses uma formação de nível V em Gestão Contabilística, que, de acordo com a mesma fonte, é direcionada aos jovens que já concluíram o 12º ano e não tiveram a oportunidade de continuarem os estudos fora.

Além de ser ministrado na Brava, com mais dois anos de complemento, Mário Rodrigues avançou que será possível adquirir a equivalência de licenciatura.

Não obstante, ao curso de nível V, também pretendem abrir ainda neste mês o curso de nível III em Serralharia e Alumínio, que vai ser realizado em parceria com um privado para a parte prática, curso este que é 100 por cento (%) financiado pelo Fundo de Promoção do Emprego e da Formação (FPEF).

O objectivo é que no final deste curso, os jovens formados sejam integrados no mercado de trabalho, até porque, António Cardoso, responsável do CEFP em meados de Dezembro de 2020 garantira, em entrevista à Inforpress, que o plano do curso prevê o financiamento de um kit para cada formando, permitindo-lhes assim integrarem no mercado.

Ainda, está prevista a abertura da formação em Técnicas de Mergulho, para “complementar” os anos de prática que alguns já possuem, mesmo que amadores.

Sobre o público-alvo, salientou que primeiramente estão a pensar nas pessoas que já praticam o mergulho, mas acrescentou que esta será aberta a todos os interessados, principalmente para os jovens das zonas piscatórias da ilha, nomeadamente Furna, Fajã d´Água e Lomba Tantum.

Com todas estas oportunidades, Mário Rodrigues pede aos jovens que participem, pois é uma “mais-valia” para a comunidade bravenses, principalmente para os jovens que estão à procura do primeiro emprego ou uma qualificação de qualidade.

“Nós estamos a trabalhar e a fazer a nossa parte. Agora, cabe aos jovens serem proactivos e valorizar o que lhes é disponibilizado”, finalizou.

MC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos