Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Brava: Jovens bravenses conhecem oportunidades formativas e de estágios profissionais para 2019

Nova Sintra, 13 Ago (Inforpress)  – Dezenas de jovens tiveram hoje a ensejo de conhecer as oportunidades formativas e de estágios profissionais para 2019 e de se informarem sobre quais os passos a dar para a elas aderir.

A apresentação pública foi feita pelo responsável do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), Paulo Santos, que falou sobre os resultados obtidos a nível dos estágios profissionais e empresariais, tendo, na mesma ocasião, lançado o programa de estágios profissionais para a inovação e tecnologia.

Os presentes tiveram a oportunidade de conhecer as ofertas formativas para 2019, as experiências de algumas instituições de ensino que já formaram jovens da ilha e, ainda, informaram-se sobre as oportunidades de financiamento.

De acordo com os dados apresentados, o IEFP, através do Centro de Emprego e Formação Profissional do Fogo, vai implementar 12 acções de formação profissional, que vão beneficiar 240 jovens bravenses, e colocar 50 jovens formados no Programa de Estágios Profissionais e Empresariais.

Juma Rodrigues, uma jovem que assistiu a apresentação, mostrou-se satisfeita porque, como disse, além de conhecer os cursos que estão disponíveis para a ilha Brava, ficou informada sobre os processos de estágios e qual o caminho a percorrer.

Segundo esta jovem é preciso “agarrar” as oportunidades que estão sendo colocadas ao dispor desta camada, pois só assim é possível “levar o país adiante” e, antes disso, “dar um ‘up’ na Brava”.

“Muitas vezes ouvimos jovens reclamando que não há trabalho, mas quando vamos analisar, são os jovens que estão sentados em casa no conforto e nem sequer aparecem em actividades do tipo para se informarem”, disse Juma, adiantando que normalmente, estes jovens são os que “não procuram as oportunidades e os meios certos para crescerem na vida”.

Keliandra Rodrigues, uma universitária, por seu lado, disse já ficou uma “luz acesa” para quando terminar a sua formação superior, caso não encontrar emprego na sua área, pode optar por estágios profissionais ou, quem sabe, pontuou, surgir uma ideia de negócio e ser uma empreendedora.

MC/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos