Brava: Homem condenado a cinco anos e três meses de prisão por tráfico de droga

Nova Sintra, 30 Jun (Inforpress) – O tribunal da ilha Brava condenou hoje a cinco anos e três meses de prisão, um homem de 35 anos, por tráfico de droga, tendo o caso “agravado” por ter utilizado o seu filho menor neste “negócio ilícito”.

O arguido, que se encontrava em prisão preventiva desde o passado mês de Fevereiro começou a ser julgado pelo Tribunal Judicial da Comarca, no passado dia 17 de Junho, e hoje foi-lhe decretado a sentença.

Em meados de Fevereiro de 2020, o comandante da esquadra Polícia Nacional da Brava, Higor Almeida, informou à Inforpress que a sua equipa apreendeu 2,335 gramas de “cannabis”, durante uma missão de rotina, aquando da chegada no navio Kriola, da Cabo Verde Fast Ferry, ao cais da Furna.

Adiantou que o suspeito tinha solicitado a um condutor que apanhasse a referida mala e entregasse-a na Vila de Nova Sintra.

Porém, adiantou que a PN suspeitou do conteúdo e efectuou uma revista à mala, acabando por confirmar a existência da droga e chegando à Vila havia um filho do suspeito à espera do condutor para fazer o levantamento da mala, e logo foi conduzido à esquadra.

Higor Almeida realçou que na altura, além de várias ligações feitas no sentido de localizar o suspeito, este não compareceu na Esquadra, mas que procederam à entrega da droga ao Ministério Público para prosseguir com os trabalhos.

No desenrolar do processo foi-lhe decretado prisão preventiva e estava a aguardar o julgamento na cadeia da ilha do Fogo.

MC/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos