Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Brava: ESET comemora 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos com actividades lúdicas e desportivas

Nova Sintra, 10 Dez (Inforpress) – A Escola Secundária Eugénio Tavares (ESET) assinalou hoje, 10, os 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos com um conjunto de actividades lúdicas e desportivas, incentivando os alunos a terem mais atenção nesta matéria.

David Pascoal, director da ESET e do Complexo Educativo de Nova Sintra, explicou à Inforpress que o objectivo foi de promover e divulgar informações sobre os direitos humanos junto da comunidade educativa, para que cada um passe a entender a importância dos direitos humanos para a humanidade.

Segundo o responsável, não é “somente no papel ou nos documentos”, mas sim nas actividades do dia-a-dia, com “especial atenção” ao direito à educação, à saúde, à justiça, entre outros que considerou como sendo os mais presentes nos aspectos diários.

Adiantou que realizaram um leque de actividades estimulantes, com o intuito de deixar o aluno activo e fazê-lo procurar respostas, para ver se a mensagem que passam seja o “mais representativo” possível.

Questionado sobre a sua visão em relação à procura de informações sobre os Direitos Humanos na ilha, este responsável salientou que esta procura não tem sido diferente do contexto a nível nacional.

Porque, conforme explicou, se alguém está se sentido lesado, “briga, tenta informar”, mas, caso contrário, ,as pessoas ficam numa “passividade anónima”, até surgirem casos drásticos para se manifestarem.

Mas, relembrou a sociedade que os direitos humanos foram declarados justamente com o intuito de “demonstrar a igualdade entre os seres humanos”, ressaltando que é necessário não só ver a questão dos direitos, mas sim, que estes devem ser associados sempre aos deveres que todo o cidadão possui.

Na escola, acentuou que apesar de não ter uma campanha de divulgação, há disciplinas específicas que tratam destes temas, como na Cidadania, Formação Pessoal e Social, Filosofia, Direito, entre outras.

Alguns alunos demonstraram um amplo conhecimento na matéria, enquanto outros nem por isso.

O aluno Erickson Silva, do 9º ano, disse que os direitos humanos são essenciais e que cada um deve ter uma noção do tema e sobre o que fala.

Em relação aos direitos humanos na ilha, disse  que a Brava tem vindo a cumpri-los, mas sublinhou que existem alguns casos em que estes direitos “não são respeitados”, exemplificando com o caso dos deficientes, que,  segundo o mesmo,  muitas vezes são “discriminados” na sociedade, mesmo no acesso aos lugares públicos.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi aprovada pela Assembleia-Geral das Nações Unidas a 10 de Dezembro de 1948.

O documento define os 30 direitos básicos de todos os seres humanos, em todos os lugares, independentemente de qualquer condição, e está traduzido em mais de 500 línguas.

MC/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos