Brava: Escola Básica da Furna inicia ano lectivo com o projecto “cada aluno uma planta”

Nova Sintra, 19 Set (Inforpress) – A Escola Básica da Furna (EBF) fez hoje a inauguração do projecto “cada aluno uma planta” com o intuito de educar as crianças em matéria de preservação do meio ambiente.

Em declarações à Inforpress, o responsável da EBF, Gerson Delgado, explicou que o projecto “cada aluno uma planta” surgiu desde o ano lectivo passado, mas por questão de logística não houve condições para implementá-lo.

E este ano, realçou que juntamente com a associação ambiental Biflores decidiram iniciar a sua implementação logo no primeiro dia de aulas, onde o principal objectivo é incutir nos alunos a importância da preservação das plantas e do meio ambiente, mas também de embelezar a própria escola.

Gerson Delgado explicou que neste projecto, cada aluno vai ter o seu balde com planta e vai conseguir acompanhar todo o processo de crescimento e desenvolvimento da mesma, e como na Furna há algum problema de água, o propósito é que cada aluno leve de casa uma garrafa com água para regar a sua planta.

O projecto, conforme este responsável, envolve 70 plantas, mas por questão de espaço o foi dividido em duas partes, onde nessa primeira fase iniciaram com 35 baldes e na próxima fase vão entregar às outras 35 crianças as suas plantas.

Dilma Lopes, técnica da associação Biflores enfatizou que o objectivo é que todos os alunos bravenses tenham uma consciência ambiental e apoiem no combate às mudanças climáticas.

Delgado destacou que pretendem trabalhar juntamente com as comunidades neste processo com maior incidência na comunidade educativa.

O responsável da EBF reforçou que o desejo é que as crianças cresçam com uma visão ambiental ecológica e sustentável desde pequena, justificando que os adultos podem mudar a mentalidade, mas apostando nas crianças é possível ter melhores resultados.

“A ideia é levar esta iniciativa a outras escolas desde que os responsáveis demonstrem abertura e disponibilidade para tal”, finalizou a técnica alertando para a importância da preservação do meio ambiente e do envolvimento dos agentes educativos em iniciativas do tipo que servem de exemplo para as crianças.

O aluno Tiago Évora, considerou o projecto de “extrema importância” relembrando algumas das funções das plantas, dentre elas “manter um ambiente arejado e saudável, além de embelezar o local”.

Este aluno comprometeu-se a desempenhar as suas funções a nível dos cuidados com as plantas e incentivar sempre os colegas a cuidarem cada uma da sua.

MC/HF

Inforpress/Fim

 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos