Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Emprego: Coordenadores das redes locais satisfeitos com encontros realizados e com “luz verde” para o futuro

Nova Sintra, 27 Jul (Inforpress) – Os coordenadores das quatro redes locais de emprego e empregabilidade de Cabo Verde, que se reuniram durante uma semana na cidade da Praia à procura de parcerias, consideram que os encontros foram “frutíferos”.

Esta informação foi avançada à Inforpress pelo coordenador da rede local da Brava, Mário Soares, indicando que de 19 a 23 de Julho, juntamente com os coordenadores das ilhas do Maio, Boa Vista e São Nicolau, realizaram um leque de encontros com diversas instituições, com vista a efectivação do plano de acção e dos projectos das redes.

Mário Soares sublinhou que além da total abertura demonstrada pelas instituições, os coordenadores vão elaborar, de forma articulada, um ‘draft’ de protocolo para a assinatura com as entidades contactadas, assim como estabelecer rotinas de agenda e encontros com os dirigentes centrais e governantes aquando das suas visitas às ilhas.

Dos parceiros contactados, este responsável apontou a directora-geral do Ministério da Família e Inclusão Social, a Direcção Geral do Emprego e Formação Profissional, a gestora da Política Integrada Educação Formação e Emprego e conforme sublinhou, demonstraram abertura em colaborar com as actividades e projectos da rede em prol da criação de emprego e como sendo ponto focal destas ilhas além das câmaras municipais.

Também, frisou que os coordenadores reuniram-se com os representantes de algumas instituições de ensino e formações, que demonstraram satisfação com os trabalhos feitos pela rede, assim como a disponibilidade em apoiar com a criação de um plano para driblar as dificuldades de cada ilha, e transformar as potencialidades em oportunidades para gerar emprego.

“Esta primeira missão serviu para estabelecer o vínculo de ligação entre as redes locais e as instituições para que possamos, de facto, unir sinergias e reforçar parcerias para dar continuidade aos trabalhos das redes”, apontou este responsável.

Questionado sobre o porquê da procura de parceiros, Mário Soares informou que o programa Emprego e Empregabilidade CVE/081 da Cooperação Luxemburguesa, que até então tem financiado todas as actividades das redes, está a encerrar, fazendo com que as redes entrem na sua quarta fase, que é a fase da autonomia.

Daí, explicou a necessidade que as redes possuem em estabelecer parcerias com instituições a nível central e não só, para dar continuidade aos projectos e plano de actividade da rede.

A Rede Emprego e Empregabilidade da ilha Brava foi oficializada pela assembleia municipal da ilha em Janeiro de 2019 e é apoiada pela Cooperação Luxemburguesa.

MC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos