Brava: Embaixador dos Estados Unidos faz “balanço positivo” da sua primeira visita à ilha

Nova Sintra, 07 Jun (Inforpress) – O embaixador dos Estados Unidos da América em Cabo Verde, Jeff Daigle, fez hoje um “balanço positivo” da sua visita à ilha, destacando que às relações entre a ilha e os EUA remontam há mais de 200 anos, desde a pesca da baleia.

Em modo de balanço da visita realizada hoje à ilha, o diplomata demonstrou a sua “satisfação” por ter cumprido a sua agenda de trabalho, principalmente no que tange aos encontros com as entidades locais, empreendedores e investidores bravenses, incluindo um projecto financiado pela embaixada.

Quanto ao projecto, a mesma fonte explicou que se trata de um projecto orçado em mais de 15 mil dólares, financiado pelo fundo da Autoajuda da Embaixada e que está a ser executado pela associação Biflores, para promover a pesca sustentável.

Jeff Daigle diz acreditar que os impactos do projecto serão para além da ilha Brava, porque às lições aqui aprendidas poderão ser replicadas em outros locais.

Igualmente, fez uma visita a um produtor de grogue em Fajã d´Água, José Andrade, explicando que um dos objectivos da embaixada é apoiar os produtores locais a exportarem mais para os EUA.

Em relação ao produto, demonstrou-se satisfeitos e informou que numa parceria com o Estado de New Hampshire, para além das questões militares, abarca também parcerias na área da educação, protecção civil, saúde e existe uma componente comercial que no âmbito desta cooperação o Estado de New Hampshire possui um departamento de importação de bebidas que já se demonstrou interessado em importar o grogue de qualidade de Cabo Verde.

Com os alunos de Inglês da Escola Secundária Eugénio Tavares, o diplomata mostrou-lhes a importância do estudo e o ensino da língua inglesa porque, conforme justificou, “vendo para a nova realidade do país o inglês é uma ferramenta importante para o desenvolvimento económico”.

Não obstante a este quesito, aconselhou aos que possuem petição dentro a não abandonarem a escola pelo menos antes de terem concluído os seus estudos, ressaltando que esta é uma situação que tem sido recorrente.

Igualmente, visitou o local e conheceu o projecto “Brava – o Destino”, um projecto que pretende “transformar” a Brava na Nantucket de Cabo Verde.
Por seu turno, o presidente da Câmara Municipal da Brava, Francisco Tavares, anunciou que o embaixador quer ver onde pode cooperar com o sector privado e organizações não governamentais (ONGs) na ilha também na exportação do grogue bravense para os EUA.

Uma visita que segundo e o autarca vai trazer vários benefícios à ilha, inclusive com as informações avançadas de que à semelhança da Biflores outras organizações da sociedade civil podem candidatar-se a fundos que a embaixada dispõe e serem financiados projectos de âmbito social e comercial.

MC/JMV
Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos