Brava: Delegado da Direcção-geral dos Transportes Rodoviários diz que situação dos condutores vai ser analisada

Nova Sintra, 24 Nov (Inforpress) – O delegado da Direcção-geral dos Transportes Rodoviários (DGTR) da região Fogo/Brava anunciou hoje que a situação dos condutores da Brava com cartas pendentes vai ser analisada e posteriormente “tomadas as decisões que se impuserem”.

João Silva respondeu a um e-mail enviado pela Inforpress solicitando algum esclarecimento quanto às reclamações de um grupo de condutores com mais de oito anos a conduzir com licença provisória, devido aos atrasos na emissão das próprias cartas de condução.

Recentemente os mesmos foram informados de que “não há nenhum comprovativo” que prove que fizeram o exame, tendo a possibilidade de serem submetidos a um outro exame prático e ao pagamento de uma nova taxa para poder adquirir a carta de condução.

Diante desta situação, ao ser contactado, o delegado informou que ele tomou posse na delegação da DGTR para a região Fogo e Brava há menos de um ano, sublinhando que esta situação é-lhe “completamente nova”.

Neste sentido, reforçou que a DGTR irá se inteirar melhor sobre o sucedido, analisar as reclamações e tomar as decisões que se impuserem.

MC/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos