Brava: Congregação das Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição “mais pobre” com morte da Irmã Lulucha

Nova Sintra, 11 Ago (Inforpress) – A Congregação das Irmãs Franciscanas e a comunidade bravense ficou hoje, “mais pobre” com o falecimento de Lucília Gomes de Barros, mais conhecida por Irmã Lulucha ou menina Lulucha.

Esta informação foi avançada à Inforpress pela Irmã Mia, também membro desta Congregação, lamentando esta perda, pois conforme descreveu, a Irmã Lulucha era uma “pessoa amiga, querida, conselheira e trabalhava incansavelmente em prol da sociedade e dos que mais necessitavam”.

Segundo a mesma fonte, ela era natural da freguesia de Nossa Senhora do Monte, embora tenha residido a maior parte da sua vida na freguesia de São João Baptista.

“Faleceu com 79 anos de idade, e mesmo enfrentando algumas dificuldades de saúde, mas mesmo assim continuou activa”, disse a Irmã Mia, relembrando que praticamente cresceu nas mãos da Irmã Lulucha, embora tenham passado algum tempo separadas, mas desde 2016 voltaram a unir-se.

A Irmã Lulucha foi professora, catequista, formadora e de um percurso de vida ditado pelo amor ao próximo, e em Janeiro de 2019, foi condecorada pelo Presidente da República de Cabo Verde, na altura, Jorge Carlos Fonseca, com a Segunda Classe da Medalha de Mérito, em “reconhecimento de acções nobres e de solidariedade e abnegação em prol da colectividade.

MC/HF

Inforpress/Fim

 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos