Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Brava/Carnaval: Grupo Carnavalesco de Furna leva os prémios de melhor grupo, melhor andor e rainha do Carnaval 2020

Nova Sintra, 25 Fev (Inforpress) – O grupo carnavalesco de Furna, que saiu este ano pela primeira vez às ruas de Nova Sintra, “esbanjando folia, glamour, brilho e muita samba”, arrecadou os prémios de melhor grupo, andor e rainha do Carnaval bravense 2020.

Conforme as pontuações do júri, o segundo classificado foi para o grupo Mocidade e o terceiro lugar foi para os Baianas, que também arrecadou o prémio de melhor música e melhor rei.

O grupo vencedor trouxe como Enredo a “Protecção das tartarugas e Ambiente Marinho”, onde a rainha veio com traje identificando a “beleza oceânica e a sua fortuna identificado na sua coroa”

O grupo vencedor apresentou dois carros alegóricos e foi eleito como tendo o melhor andor, sendo que o primeiro retrata a riqueza do mar e os danos que a poluição oceânica pode causar e o segundo a fauna, com enfoque nas espécies em vias de distinção, como o alcatraz e a tartaruga.

Esteve dividido em quatro alas, onde a primeira e a segunda foram designadas como alas dos 3Rs “ Reduzir, Reutilizar, Reciclar”.

Já a terceira, a ala das bailarinas, identificou o sol e o mar e a quarta e última ala representaram a faina, constituída por peixeiras, pescadores e mergulhadores.

O segundo classificado coube ao grupo Mocidade, que desfilou pelas ruas de Nova Sintra pela quarta vez consecutiva, e este ano trouxe aos bravenses o tema “casino e suas fantasias”.

O rei e a rainha representaram um baralho de cartas, a porta-bandeira, mestre de sala e primeira ala representaram o rei e a rainha, a segunda ala foram as restantes cartas do baralho e a terceira, as mulheres de salão.

A rainha de bateria representou o dinheiro, enquanto no primeiro carro alegórico apresentou-se uma mesa de jogo do casino e no segundo o polydance e as mulheres playboy.

O terceiro classificado foi para o grupo Baianas, que já desfila pelas ruas de Nova Sintra há mais de 20 anos, e trouxe como tema “Reviver Djabraba”, arrecadando também os prémios de melhor música e melhor rei.

No grupo, a rainha representou uma flor, que é o “símbolo” da ilha, e o rei o guardião da flor como borboleta e passarinho.

Também apresentou quatro alas, onde a primeira representou a flor e o jardineiro, a segunda as festas de Santa Cruz, festa tradicional da ilha, a terceira a emigração, mostrando a ostentabilidade e o brilho do regresso à terra e a quarta, as festas de “Nho Sam Djon”, padroeiro da ilha.

Com o andor, representou o coração da Brava, com o tocador de serenata, e o segundo andor, o mastro e o tamboreiro que representam as festas juninas.

Os desfiles decorreram na “normalidade” e houve uma maior participação do público do que no ano anterior, provocando uma “enchente” na rua do desfile.

Desde a passada sexta-feira que os alunos do pré-escolar e do Ensino Básico deram as boas vindas ao Entrudo na ilha, complementada hoje com os três grupos oficiais e três grupos surpresas, e para o culminar das actividades haverá alguns bailes.

Já para amanhã, quarta-feira de Cinzas, na ilha não há a tradição de festejá-la com fartura ou peixe seco, cada um passa com a sua família em casa ou em algum piquenique.

MC/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos