Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Boris Johnson mantém ministro para o ‘Brexit’ Stephen Barclay num governo dominado por eurocépticos

Londres, 24 Jul 2019 (Inforpress) – O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, decidiu manter o ministro para o ‘Brexit’, Stephen Barclay no cargo, um dos poucos que transitam da equipa de Theresa May.

O político conservador assumiu funções em Novembro do ano passado, após as demissões de David Davis e Dominic Raab, ambos em divergência com os planos do governo para o processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

Deputado desde 2010 pelo círculo de North East Cambridgeshire (leste da Inglaterra), trabalhou anteriormente como advogado para as companhias de seguros e na British Financial Services Authority (FSA).

Barclay é eurocéptico, tal como os restantes ministros até agora confirmados: Priti Patel (Interior), Sajid Javid (Finanças), Dominic Raab (Negócios Estrangeiros) e Liz Truss (Comércio Internacional).

Um dos poucos ministros que fez campanha pela permanência na União Europeia foi Ben Wallace, nomeado para a Defesa, em substituição de Penny Mordaunt, uma eurocética que apoiou Jeremy Hunt, o adversário de Boris Johnson na eleição para a liderança.

O líder do partido Conservador, Boris Johnson, foi hoje indigitado primeiro-ministro britânica pela rainha Isabel II, o 14.º primeiro-ministro do reinado da monarca, numa audiência no palácio de Buckingham.

No discurso à chegada à residência oficial, em Downing Street, defendeu a negociação de um “novo acordo, um acordo melhor” para o ‘Brexit’ e disse que o país devia preparar-se para sair sem acordo a 31 de Outubro.

Lusa/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos