Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Bombeiros de Santa Catarina e Câmara Municipal entram em acordo

Cidade da Praia, 11 Out (Inforpress) – A greve dos bombeiros da Câmara Municipal de Santa Catarina, que devia acontecer hoje, não se realizou porque houve um acordo entre o sindicato que representa esta classe profissional e a edilidade.  

O presidente do Sindicato da Indústria Geral Alimentação, Construção Civil e Afins, (SIACSA), Gilberto Lima, garantiu à Inforpress que a Câmara Municipal de Santa Catarina prometeu resolver os problemas pendentes dos bombeiros.

O líder do SIACSA revelou que as partes chegaram a um entendimento, tendo a presidente da autarquia decidido um subsídio de turno e de risco que ultrapassa os 11 mil escudos.

Segundo ele, os soldados da paz de Santa Catarina deparam-se com problemas de falta de materiais de protecção, de meios humanos, de viaturas e espaço condigno.

“São inúmeras situações que derivam da própria lei, essas situações, a meu ver, não devem ser discutidas, mas devem ser observadas porque já vêm prescritas na lei”, disse Gilberto Lima.

O sindicalista adiantou, por outro lado, que a câmara de Santa Catarina prometeu construir de raiz o quartel de bombeiros no próximo orçamento municipal.

Em relação aos bombeiros da Boa Vista, disse que falaram hoje via videoconferência, mas que não houve nenhum acordo, porque a negociação “está muito difícil”.

Quanto à capital, assegurou que tem uma reunião agendada com o presidente Francisco Carvalho para dia 25 de Outubro,  a fim de abordarem as preocupações e necessidades dos bombeiros. 

Gilberto Lima avisou que se não forem cumpridas as promessas, o SIACSA vai partir para a greve.  

AT/LC//CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos