Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Boa Vista: Vereador considera importante Governo desbloquear terrenos para câmara travar assentamentos informais 

Sal Rei, 20 Dez (Inforpress) – O vereador do Urbanismo da Câmara Municipal da Boa Vista, Aristides Brito, disse que o Governo deve desbloquear terrenos, passá-los ao domínio da autarquia a fim de lotear e vendê-los, para evitar o surgimento de novos assentamentos informais.

O responsável manifestou esta opinião à Inforpress quando falava sobre a demolição das barracas no bairro de Boa Esperança, projecto que se enquadra no plano de requalificação da zona, uma parceria entre o Governo de Cabo Verde e a Câmara Municipal da Boa Vista, com investimento de um milhão e 47 mil contos proveniente do Fundo do Turismo.

Para o vereador Aristides Brito, este é o primeiro passo para tentar evitar o ressurgimento de novas casas clandestinas e bairros, sendo uma ilha que tem grande demanda de pessoas à procura de trabalho principalmente nos hotéis.

“Uma das primeiras lutas que temos vindo a travar é a questão da transferência de terrenos do domínio público para domínio municipal para poder planear, lotear e vender terrenos para construção de casas”, afirmou o vereador, assegurando que “o Governo e a câmara têm que continuar também com a política social de habitação da ilha”.

A mesma fonte usou a seguinte expressão para manifestar esta preocupação: “Não podemos continuar a correr atrás para apagar o lume”.

“Chega a uma altura temos que resolver e preparar a ilha para aquilo que queremos, de forma futurista”, disse o vereador que garantiu que a câmara e o Governo estão devidamente precavidos com o desenvolvimento e crescimento demográfico, ajuntando ainda que neste sentido há acordos em termos de ideias, e que agora é trabalhar efectivamente nestas linhas.

“O primeiro passo é a questão de desbloqueamento dos terrenos para a câmara para termos novas zonas de assentamento urbano, previstas no Plano de Desenvolvimento Municipal (PDM)”, opinou o vereador, que acrescentou que há que se fazer um planeamento em termos de infra-estrutura, da maneira como tem vindo a idealizar e a concretizar de melhor forma, para efectivamente evitar repetição de casos do género no futuro.

Entretanto, para ele, há outras medidas que devem ser tomadas, apontando maior dignidade nas condições de trabalho, principalmente, disse na relação laboral e cláusulas em termos contratuais, de forma a que os trabalhadores tenham garantias de recorrer, por exemplo a um empréstimo bancário para construção de casas próprias.

“Temos dados de quantos hotéis irão abrir na ilha nos próximos tempos, e já na precaução estamos a lutar também com os hotéis e operadores turísticos para nos ajudar com esta problemática de no fundo concretizar este programa”, concluiu o vereador do Urbanismo da câmara da Boa Vista, Aristides Brito, que ressalvou que há que se estar a um passo à frente para na hora que abrir hotéis estarem preparados para receber pessoas.

VD/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos