Boa Vista: Técnico de avaliação de projectos do FPEF classifica apresentação na ilha de “extremamente positiva”

Sal-Rei, 10 Jan (Inforpress) – O técnico de avaliação e seguimento de projectos do Fundo de Promoção de Emprego e Formação (FPEF) considerou de “extremamente positivo” o encontro com jovens sobre a medida III do Fundo de Promoção de Emprego e Formação.

Segundo Olavo Semedo, a medida III é um incentivo, sobretudo para financiamento de micro e pequenos projectos, para os jovens constituírem os seus próprios negócios e criar outros postos de trabalho.

Avançou ainda que pelo contributo dos presentes e dos esclarecimentos prestados na sessão, que decorreu no Centro de Juventude de Sal Rei, notou-se que os jovens já têm um “maior conhecimento” do que é o fundo e a medida III, bem como os requisitos exigidos para se submeter a candidatura ao fundo.

Semedo considerou que sendo Boa Vista uma ilha “que se diz turística”, há potencialidades de desenvolvimento de projectos.

Sob o fundo, avançou que para micro projectos o montante máximo concedido é de 300 mil escudos e para pequenos projectos, o máximo é 500 mil escudos.

Adiantou ainda que para se aceder ao credito deve-se ter nacionalidade cabo-verdiana, idade compreendida entre 18 a 35 anos e um projecto a ser apresentado.

Possuir capacidade financeira de 20 por cento (%) suportado pelo beneficiário, ou em outros equipamentos, é outro requisito, tendo em conta que conforme explicou o fundo não financia 100%, mas sim 80% do projecto.

Outro requisito é que o requerente ao crédito não deve ter nenhum reincidente bancário e sobretudo estar também apto ao que é publicado no edital do concurso.

“O empréstimo é concedido no âmbito da medida III é reembolsável, porque além de termos um banco como nosso parceiro é o fundo que suporta juros, ou seja, o banco requer que o beneficiário devolve somente o capital que lhe for empreste, sem aplicação de juros”, elucidou.

Olavo Semedo, que estará ainda amanha no Centro de Juventude para esclarecer mais dúvidas sobre o fundo, espera “brevemente” regressar à ilha da Boa Vista para trazer outras informações “mais avançadas” sobre o que foi apresentado.

VD/AA//AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos