Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Boa Vista: PTBV satisfeita com adesão e resultados dos trabalhos apresentados e premiados na 4ª Gala das Tartarugas Marinhas

Sal Rei, 20 Jun (Inforpress) – A organização da quarta Gala das Tartarugas Marinhas, do Projecto Tartaruga Boa Vista (PTBV), considerou “extremamente positiva” a adesão e os resultados dos trabalhos apresentados e premiados no evento realizado este sábado, em Sal Rei. 

A avaliação é da coordenadora ambiental do Projecto Tartaruga Boa Vista (PTBV), Kátia d’Assunção, que falava à comunicação social, após a quarta Gala das Tartarugas Marinhas que aconteceu Centro de Artes e Cultura (CAC), na cidade de Sal Rei, para premiar os vencedores dos três concursos, de desenho, de poesia e de brinquedos de sucata, sendo três representantes para cada concurso de todas as escolas da Boa Vista.  

Kátia d’Assunção que foi uma das organizadoras, considerou que a gala foi “extremamente positiva” e disse-se “surpreendida e satisfeita com o aumento da adesão e da participação dos alunos” que se interessaram em apresentar os trabalhos para participar nos concursos organizados como forma de sensibilizar a comunidade estudantil, no caso os alunos, em relação aos problemas ambientais e às suas soluções.   

“No primeiro ano houve uma boa adesão, mas em relação a este ano a evolução dos trabalhos feitos nos brinquedos, das poesias e dos desenhos é bem melhor do que nos anos anteriores”, avaliou Kátia D’Assunção, destacando que há já um empenho das crianças em produzir e retratar melhor o que vêem como um problema e apresentam uma solução para o meio ambiente. 

A bióloga lamentou o facto de no ano passado não se ter realizado o evento, devido à covid-19, mas, reiterou a satisfação por todo o trabalho organizado desde o mês de Abril para que fosse possível a concretização do evento realizado dentro das condições sanitárias necessárias. 

Quanto aos prémios no âmbito da efeméride explicou que, foram oferecidos aos alunos materiais escolares, jogos didáctico-educativos relacionados com tartarugas marinhas e um troféu, enquanto as direcções das escolas onde estudam os vencedores receberam prémios monetários, atribuídas pela Câmara Municipal que, realçou, “prontamente abraçou o projecto”.  

Noah Monteiro, do 1º ano da Escola Francesa foi o vencedor do concurso de desenho, Ayla Pinto Almeida, do 4º ano, da Escola Nova, ganhou o prémio do concurso brinquedo de sucata e o prémio de poesia foi atribuído à Chris Mendes Évora, aluno do 5º ano na Escola de João Galego.  

Além do recital de poesia feita pelos seleccionados do concurso, Kátia D´Assunção felicitou as outras actuações do evento, como as historias contadas pela professora Irina Fonseca, a apresentação de dança com o grupo Naboa Kids (alunos do professor do CAC, Herário Matias), além do concerto de flauta apresentado pelos alunos do agrupamento das escolas do Norte, de Fundo das Figueiras e de João Galego.  

No final da quarta Gala das Tartarugas Marinhas houve ainda um momento considerado “especial”, com a estreia pública de careta-careta, na voz das alunas Diane Ramos e Milene Brito que estiveram acompanhadas pelo grupo Fusion Band, dos músicos Carlos Estrela, Pedro Pereira e Carmino Brito, que compuseram a canção. 

VD/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos