Boa Vista: Projecto Tartaruga cria primeira Gincana Ambiental da ilha para comemorar o Dia Mundial da Terra

Sal Rei, 15 Abr (Inforpress) – O Projecto Tartaruga da Boa Vista prepara a primeira Gincana Ambiental, para comemorar, a 22 de Abril, o Dia Mundial da Terra, com atividades lúdica-educativas para os alunos do 6° ano conhecerem espécies emblemáticas existentes na ilha da Boa Vista.

Em declarações à Inforpress, Katya de Assunção, uma das organizadoras do evento, explicou como surgiu a ideia da Gincana Ambiental, concurso destinado a todos os alunos do 6° ano de escolaridade de todas as escolas da ilha da Boa Vista, com o objetivo de comemorar o Dia Mundial da Terra, que se assinala a 22 de Abril.

“É uma forma lúdica e educativa de promover conhecimentos sobre as espécies emblemáticas existentes na ilha de Boa Vista e de Cabo Verde, tanto da fauna marinha como da fauna terrestre, associando os conteúdos desenvolvidos pelos professores nas disciplinas de ciências da terra e da vida”, informou Katya de Assunção.

Adiantou que este projecto é financiado pela Fundação MAVA e implementado por três ONG, nomeadamente a Fundação Tartaruga Cabo Verde, Cabo Verde Natura 2000, Bios.CV’ e o Ministério da Agricultura e Ambiente, que cuidam da conservação das tartarugas marinhas na ilha da Boa Vista.

A bióloga avançou ficou surpreendida com os 150 inscritos na fase preparatória, para se divulgar informações sobre a Biologia, a importância ambiental, social e económica das espécies.

“Os alunos mostraram muito interesse em participar. Nesta fase preparatória, estavam muito entusiasmados, a tomarem notas, fazendo anotações, perguntas, estavam ansiosos”, contou a Katya De Assunção, “está expetante” para a primeira etapa, agendada para o dia 16 de Abril.

A primeira fase, constituída por um questionário de múltipla escolha sobre o meio ambiente e espécies emblemáticas, visa fazer a triagem dos cinco melhores alunos de cada escola.

Depois desta seleção, a segunda etapa do concurso realizar-se-á com uso um aplicativo educativo iterativo para questionar os alunos, cujo desempenho será analisado por um corpo de júris.

Segundo o regulamento, o aluno com melhor desempenho será o vencedor da primeiro Gincana Ambiental da ilha da Boa Vista, e receberá como prémio um passeio de barco para visualizar as baleias.

O evento, agendado para 22 de Abril, Dia Mundial da Terra, e terá lugar na Biblioteca Municipal.

Segundo Katya de Assunção, o “Projeto Tartaruga de Boa Vista tem um programa mais abrangente, com concursos na vertente ambiental transversal e com atividades intra e extracurriculares na temática ambiental, que envolve alunos de todos os ciclos das escolas de Boa Vista, agendadas para noutras datas”

A bióloga pediu o “engajamento de todos na conservação ambiental, sublinhando que a “ideia é fomentar nos jovens de Boa Vista o respeito e orgulho duma ilha que tem grande potencialidade ambiental e rica em recursos naturais”.

“Sendo os jovens o futuro, eles têm que tratar a natureza de uma forma diferente e dentro dos parâmetros da sustentabilidade. Quando se conhece melhor a nossa realidade, temos a possibilidade de ter mais apego”, disse garantiu Katya, que apontou “a necessidade de mostrar a importância ecológica, o que para ela “leva as pessoas a terem uma mentalidade diferente das gerações passadas, com mais respeito para o meio ambiente”

VD/JMV

Inforpress/fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos