Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Boa Vista: Projecto Ambiental Tartaruga leva alunos a Ribeira de Rabil para avistar pássaros endémicos de Cabo Verde

Sal Rei, 22 Mai (Inforpress) – Alunos da Escola de Fundo das Figueiras estiveram na Ribeira de Rabil em visita de estudos para avistarem pássaros migratórios, uma actividade do projecto Ambiental Tartaruga, para assinalar o Dia Mundial da Biodiversidade.

Vinte e nove alunos da escola primária Marina Pereira, acompanhados pelos professores e por biólogos, fizeram uma caminhada pela Bacia hidrográfica da Ribeira de Rabil, situada a três quilómetros da cidade de Sal Rei, onde puderam avistar cerca de sete espécies de aves migratórias (lavadeira, graça cinzenta, corvos, guincho, perna longa, coelheiro).

Além de avistar os pássaros, com ajuda de binóculos, as crianças não perderam tempo em fazer perguntas, e tiveram esclarecimentos da bióloga da Bio Tour, Catia Lopes, e do pioneiro de Turismo de Natureza, Manuel Rodrigues.

Entre outros conhecimentos, os alunos ficaram a saber sobre as aves que emigram para Cabo Verde, para passar o inverno, no período de Janeiro ao mês de Abril, e que depois começam a regressar para a Europa, quando a temperatura começa a aumentar.

Tiveram ainda o conhecimento de que o litoral daquela ribeira é uma zona perfeita porque há condições ideias, nomeadamente porque encontram água, alimentos como o Peixe Tenha, e lugar onde fazem os seus ninhos no chão.

A professora da Escola Marina Pereira Arsénia Da Cruz fez “uma boa avaliação da visita de estudo e é de opinião que actividades deste género devem se repetir para poder desenvolver a sensibilidade ambiental nas crianças”.

“Esta visita de estudo veio a cair numa boa altura, tendo em conta que estamos a entrar na semana ambiental. Vamos falar sobre o que viram e ouviram durante esta visita para explorar os conhecimentos ambientais na sala de aula”, disse a professora, que avançou que depois da visita os alunos vão elaborar trabalhos como relatórios, composições e ainda responder a questionários.

De acordo com a Biólogo da Bios Cabo Verde, Cátia Lopes, “os alunos tiveram oportunidade de avistar uma variedade significativa de pássaros, embora, esclareceu, nesta época a maioria tenha já emigrada”.

Segundo explicou a bióloga, “esta é uma oportunidade das crianças verem a diversidade de espécies migratórias, para saberem sobre a zona húmida de Boa Vista e ainda sobre como explorar estes lugares”.

“Cabo Verde é um país rico em termos de natureza e Boa Vista é um foco de Biodiversidade a nível terrestre e principalmente a nível marinho. Temos que levar este conhecimento aos mais novos através destas actividades fora da sala de aulas, para ver presencialmente esta riqueza”, afirmou a bióloga.

Esta actividade é executada pelo projecto Tartaruga Boa Vista, que é financiado pela BioTour do Ministério da Agricultura e Ambiente.

Ribeira de Rabil, ou Ribeira d´Agua, fica a três quilómetros de cidade de Sal Rei, faz parte da Rasmar (Zona húmida de importância internacional) desde Junho de 2005, pelo seu valor ecológico e paisagístico.

VD/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos