Presidente da Câmara Municipal da Boa Vista distribui pelouros aos vereadores locais

Sal Rei, 27 Nov (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Boa Vista (CMBV), Cláudio Mendonça, anunciou hoje a distribuição dos pelouros aos vereadores e assumiu os pelouros do ambiente e saneamento, do ordenamento do território, urbanismo, obras e património.

Cláudio Mendonça disse à comunicação social que apesar de não ter formação académica nestas áreas, teve a preocupação em assumi-las, tendo em conta que as considera sectores preocupantes, neste momento, para a ilha da Boa Vista.

“Assumi esta área com muita responsabilidade sabendo que é um desafio para mim, permitindo junto dos outros actores ligados à área, saber, perguntar e prestar um serviço de melhor qualidade à Boa Vista”, afirmou, destacando o saneamento como “o maior problema da ilha”.

O presidente da CMBV disse que tem todo o interesse em assumir as referidas funções porque é da sua responsabilidade de “ter a casa limpa, com condições adequadas para a convivência e vivência das pessoas, para que os visitantes que, venha a receber, se sintam bem na ilha da Boa Vista”.

O mesmo argumentou que as áreas que agora assume “são fragilidades” com “dificuldades visíveis a olho nú”, e que precisam de “input” para “acabar com situações de lixo na rua e criar condições de áreas verdes”.

“Trabalhamos nisso numa perspectiva de montar um novo modelo de recolha e tratamento do lixo com a colocação de diversos contentores e ‘ecopontos’, em diversas localidades, permitindo que a cada passo tenhamos condições de ter um espaço limpo e um ambiente saudável para a população”, disse, reiterando que “vai trabalhar de imediato e investir em infra-estruturas próprias de saneamento”.

Quanto aos outros pelouros, Nádia Santos será vereadora de relações internacionais, germinação e cooperação, cultura, turismo, comunicação e imagem e TIC, o vereador Abel Ramos, ficou com os pelouros do desporto, juventude, energia e água, transporte e trânsito, comércio, indústria e fiscalização.

Fabienne Oliveira vai assumir os pelouros de recursos humanos, das comunidades emigradas e imigradas, acção social e solidariedade, enquanto João Mendes terá a responsabilidade de dirigir a saúde pública e defesa dos consumidores, agricultura e pesca, segurança pública e delegações municipais.

Cláudio Mendonça frisou que “quase todos os autarcas que compõem o novo executivo camarário já têm experiência de trabalho na Câmara com responsabilidades, directamente, nas funções que agora vão desempenhar como vereadores”.

VD/HF

Inforpress

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos