Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Boa Vista: Presidente da câmara municipal, cessante, inaugura e acompanha andamento de obras municipais  

Sal Rei, 20 Nov (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, cessante, inaugurou, esta quinta-feira, um conjunto de obras municipais, abriu a via de acesso à Bofareira e acompanhou o andamento das obras da praça na mesma localidade.

José Luís Santos, que se fez acompanhar de três vereadores da sua gestão camarária, inaugurou, sem descerramento de placas, um sanitário público na localidade de Boa Esperança e o viveiro municipal, orçadas em três mil e dois mil contos, respectivamente.

O autarca boa-vistense dirigiu-se, ainda, à primeira fase dos trabalhos da obra de requalificação da entrada de Bofareira, onde procedeu a abertura da via principal ao trânsito, e acompanhou também o andamento das obras de requalificação do largo da praça da mesma localidade, que “já se encontra com 80% dos trabalhos concluídos”. As duas obras estão orçadas em 12 mil contos.

“Estivemos a percorrer algumas obras já acabadas e até amanha se tivermos mais obras para inaugurar vamos inaugurá-las”, afirmou José Luís Santos, em declarações a Inforpress.

O presidente considerou que o sanitário público “é uma boa obra que já está pronta para ser entregue à comunidade” e descreve o viveiro como um “excelente projecto”, financiado pelo Fundo do Ambiente, que, a seu ver, “vai revolucionar os espaços verdes” tendo em conta que “já se produzem plantas para melhorar os mesmos espaços na ilha da Boa Vista”.

Quanto aos projectos da localidade da Bofareira, o edil informou que averiguou o andamento das obras da requalificação do largo da praça, abriu a via que dá acesso à entrada da localidade que está requalificada para permitir a passagem das viaturas com menos dificuldades.

José Luís Santos, que cessa as suas funções na presidência da Câmara Municipal da Boa Vista esta sexta-feira, 20, observou que estas actividades camarárias são uma “rotina absolutamente normal, para quem tem obras para inaugurar”.

O mesmo justificou que as obras estão a começar a surgir agora porque encontrou uma câmara completamente baralhada, mergulhada em dívidas enormes, dai que, conforme  explicou, teve de “programar, projectar e correr atrás de financiamentos”.

Destas obras que adjectiva de “excelentes”, apontou como exemplos, “a requalificação da praça em Fundo de Figueiras, da do largo de Santa Isabel, que esta a decorrer, e o programa de reabilitação de habitações em quase todos os povoados, destacando também que “se está à espera do visto do tribunal de contas para, dentro de poucos dias, começar as obras das praias de Cabral e de Estoril”.

O presidente cessante disse que há ainda a obra de requalificação da entrada de Rabil que, caso a câmara eleita a queira começar, contempla o largo do cemitério até à rotunda do estádio de futebol de Boa Ventura.

José Luís Santos, que nas eleições autárquicas de 25 de Outubro concorria a um segundo mandato, concluiu este percurso de inaugurações afirmando que “as obras são muito importantes e vão mudar completamente a ilha da Boa Vista”.

VD/HF

Inforpress

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos