Boa Vista: Paulo Veiga promete melhorar produção de gelo e recuperar mercado de peixe

Sal-Rei, 11 de Abr (Inforpress) – O secretário de Estado Adjunto da Economia Marítima, Paulo Veiga, estabeleceu “como prioridade” arranjar as máquinas de gelo para reforçar a capacidade de conservação do peixe na ilha de Boa Vista.

Num encontro com a Associação de Peixeiras e Pescadores da ilha da Boa Vista (APPBV), onde estará durante três dias para se inteirar dos principais constrangimentos do sector das pescas, o governante tomou conhecimento de questões relacionadas com a falta de uma máquina para produção e conservação de pescado e melhoria das instalações do mercado de peixe.

Os representantes da APPBV dizem ainda ter necessidade uma sede social, questionaram a capacidade das embarcações disponíveis, aquisição e uso de equipamentos apropriados para cada tipo de pesca e os constrangimentos para legalizar e pedir licença para a pesca industrial.

Perante estes constrangimentos, Paulo Veiga apresentou como prioridade “arranjar já as máquinas existentes” e também “reforçar a capacidade” de produção de gelo e conservação do pescado.

“Uma das prioridades é o gelo e a conservação em frio, vamos, junto com a câmara, arranjar já os equipamentos avariados, mais especificamente a máquina de gelo e uma das máquinas de frio, para reforçar a capacidade de produção e conservação do pescado”, lançou o Paulo Veiga, que garantiu ainda estudar a possibilidade de assinar um contrato-programa com a autarquia para a recuperação do mercado de peixe.

Prometeu também inteirar-se se o Estado tem algum património em que a associação possa instalar a sede, ou então, em alternativa “estudar a possibilidade” de apoiar a associação financeiramente para aluguer de um espaço.

“Vamos ajudar a Câmara Municipal de Boa Vista a procurar financiamento para construir e fazer as obras necessárias do arrastador e uma zona de reparação de embarcações artesanal”, avançou Paulo Veiga, que espera, com a concretização deste plano, “resolver um conflito” existente na Praia d’Diante, que é praia balnear e também praia de pesca, para que os pescadores tenham onde arranjar as suas embarcações.

Acompanhado por uma equipa de técnicos do Ministério da Economia Marítima, responsáveis da Direcção-geral dos Recursos Marinhos (DGRM), da Unidade de Inspecção e Garantia de Qualidade (UIGQ) e do Instituto Marítimo e Portuário (IMP), o secretário de Estado visitou as instalações do mercado de peixe, a escola do pescador e encontrou-se com a associação de Pescadores e Peixeiras de Boa Vista.

Para hoje, visita a Enapor – Portos de Cabo Verde, porto de Sal Rei, instalações do Instituto Marítimo Portuário (IMP) e a fábrica de gelo.

À tarde cumpre mais uma etapa do programa com encontros de trabalho com a Sociedade de Desenvolvimento Turístico Integral da Boa Vista e Maio (SDTIBM), ONG ambientais e ainda visitara a delegação de Ministério da Agricultura e Ambiente.

VD/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos