Boa Vista: Parte do espólio dos museus do Mindelo e Praia será levada ao museu subaquático da Boa Vista para repor a justiça histórica à ilha

Sal Rei, 08 Mar (Inforpress) – O ministro da Cultura afirmou hoje que parte do espólio dos museus do Mar, em São Vicente, e da Arqueologia Subaquática da Praia vai ser instalada no Museu Subaquático da Boa Vista para repor justiça histórica à ilha.

Abraão Vicente, que se encontra na ilha da Boa Vista, fez esta revelação após visitar as obras de reabilitação da Antiga Alfândega, em Sal-Rei, onde ficará instalado o Museu de Arqueologia, e as obras de reabilitação e conservação do Forte Duque de Bragança.

“O que existe neste momento na Praia e no Mindelo, no Museu de Arqueologia Subaquática, e no Museu do Mar, grande parte são espólios encontrados nas águas de Boa Vista. Pelo que traremos uma parte deste espólio à Boa Vista e ajudaremos a ilha a ter uma narrativa sob a sua própria história, o que ajudará Boa Vista a ter um outro posicionamento daquilo que é o mercado turístico”, afirmou, considerando ser este uma forma de se fazer uma reposição e justiça histórica com a ilha.

Isto porque, segundo justificou o governante, no caso do Museu se irá instalar um conteúdo museológico ligado aos naufrágios em Cabo Verde, sendo que mais de 70% de todos os navios naufragados no país pertencem a um território anexo e conexo a Boa Vista.

As obras de reabilitação da Antiga Alfândega, onde ficará instalado o Museu de Arqueologia, e as obras de reabilitação e conservação do Forte Duque de Bragança contam com financiamento do Governo de Cabo Verde, através do Plano Operacional do Turismo (POT), em 12 milhões de escudos, do projeto Margullar2, no quadro do Programa MAC 2014-2020, num montante de 3 milhões de escudos cabo-verdianos, e pela Câmara Municipal da Boa Vista, no valor de 800 contos.

VD/JMV

Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos