Boa Vista: Igreja do Nazareno vai dividir-se em dois distritos e eleger os superintendentes responsáveis

Sal Rei, 26 Jul (Inforpress) – A Igreja Nazarena em Cabo Verde vai dividir-se, pela primeira vez, em dois distritos e eleger os superintendes com responsabilidade administrativa e espiritual, durante a 66ª Assembleia Distrital e Convenções, “Unidos numa Missão”.

Um dos membros da Igreja Nazarena, Daniel Monteiro fez este anúncio quando falava à Inforpress sobre a 66ª Assembleia Distrital e Convenções da Igreja do Nazareno.

Segundo este membro, a assembleia da Igreja Nazarena acontece uma vez por ano, numa ilha como forma de descentralizar esta reunião, e este ano calhou a ilha da Boa Vista acolher esta união dos nazarenos de Cabo Verde.

Para ele, trata-se de “um marco para a história da Igreja Nazarena em Cabo Verde, tendo em conta que é a última vez que a igreja está a se reunir como único distrito”.

“A Igreja Nazarena em Cabo Verde terá a divisão de dois distritos, e haverá a eleição de dois superintendentes distritais que terão responsabilidades administrativas e espiritual. O distrito Sul vai ser na ilha de Santiago, e no norte do país o distrito possivelmente será na ilha de São Vicente, onde poderá facilitar comunicações e estratégias”, disse Daniel Monteiro.

Relembrou que esta decisão de dividir o único distrito da Igreja Nazarena em Cabo Verde em dois saiu da assembleia que aconteceu em Ribeira Grande, no ano passado.

O religioso avançou ainda que “de momento encontra-se na ilha cerca de 500 pessoas entre delegados oficiais, visitantes e amigos da Igreja que vêm para este momento único na história, depois de cem anos da igreja evangélica em Cabo Verde”.

Por isso, segundo ele, “a maioria dos nazarenos querem chegar à Boa Vista, para assistir este momento de bênção para a ilha e para a cidade de Sal Rei”.

A 66ª Assembleia Distrital e Convenções, “Unidos numa missão”, decorre durante três dias e está em agenda, entre outras actividades, workshops departamentais, negócios da assembleia e culto de convenção.

O nazareno Daniel Monteiro identificou o domingo, o último dia da assembleia, como o ponto mais alto em que se encerra a agenda “com uma grande celebração”, onde haverá o culto de ordenação de pastores e da formatura da nova classe que vai sair do seminário.

VD/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos