Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Boa Vista: Igreja Católica leva a primeira experiência das equipas de Nossa Senhora da cidade de Sal Rei ao norte da ilha

Sal Rei, 16 Mai (Inforpress) – O padre Adriano Cabral estará hoje no Norte, onde, além de falar sobre família, vai despertar e mostrar a importância das equipas de casais de Nossa Senhora, sendo que a ilha já tem a sua primeira experiência neste sentido.

Segundo informações avançadas por Adriano Cabral à Inforpress, recentemente formou-se a primeira equipa de Nossa Senhora na ilha de Boa Vista, formada por sete casais da cidade de Sal Rei, que mensalmente, em casa de cada um, encontram-se rotativamente para partilharem um tema, rezarem e promover encontro entre famílias.

Trata-se da primeira experiência na Boa Vista das equipas de Nossa Senhora, iniciativa que o sacerdote vê “com agrado, sendo que era a única ilha que ainda não tinha chegado as dinâmicas destes encontros de casais”.

“Esta experiência tem dado frutos muito positivos para as famílias que já aderiram e queremos ver estes frutos que já aderiram a expandir e frutificar ainda mais”, disse o padre que se desloca hoje ao final da tarde ao norte da ilha, acompanhado de dois sacerdotes de Santiago, para além de falarem sobre a importância da família, querem “mostrar e despertar a importância dos casais se reunirem”.

Segundo informou o padre, os sete casais iniciaram em Janeiro deste ano uma campanha de sensibilização junto de outras famílias e já receberam dois casais da ilha de Santiago e São Vicente que estiveram a falar sobre as experiências destes encontros nessas ilhas.

Além disso, organizaram, entre outras actividades, um evento para ajudar as famílias vítimas do incêndio ocorrido no bairro de Boa Esperança, e também no dia dos namorados. Segundo contou o padre, o grupo tem outras actividades para realizar no sentido de
“fomentar mais coesão e maior união nas famílias”.

Conforme explicou o religioso, a igreja católica tem “a preocupação com este movimento espiritual conjugal em ajudar nos relacionamentos familiares dos casais que têm o desafio de serem famílias missionárias, para irem ao encontro de outras famílias, levar este carisma e boa semente, de procurar ajudar, orientar e aconselhar”.

O religioso, que tem a expectativa que “esse efeito venha a surtir efeito noutras famílias da ilha, que, ao sentirem-se evangelizadas, possam partilhar, espalhar e divulgar esta dinâmica, para o bem da sociedade”, acreditando que “esta é a forma de ajudarem, promovendo mais união, comunhão”, o que, para ele, “constitui um ganho para a sociedade”.

“Precisamos de algumas famílias que possam ser referência e servir de estímulo para outras, sobretudo para os jovens. Eles precisam de ver famílias unidas, alegres, que labutam e ultrapassam as dificuldades que fazem parte da vida familiar”, disse o padre Adriano, que alerta que ao contrário, se isso não acontecer, corre-se o risco de “ter jovens que vão crescendo sem o ideal de família”.

O padre Adriano Cabral e os dois sacerdotes da ilha de Santiago, Adérito Rodrigues e Isaís Gonçalves, estarão no norte da ilha de Boa Vista para “passar a mensagem da beleza e a grandeza da família para a sociedade”.

VD/JMV
Inforpress

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos