Boa Vista: IDJ vai trabalhar com a câmara municipal plano de infraestruturas desportivas físicas e digitais

Sal Rei, 7 Mai (Inforpress) – O IDJ vai elaborar um documento até final deste ano, com propostas apresentadas pela Câmara Municipal da Boa Vista (CMBV) a nível de infraestruturas físicas e digitais para serem trabalhadas em parceria e implementadas a partir de 2023.

Esta informação foi avançada pelo presidente do Instituto do Desporto e da Juventude (IDJ), Frederico Mbassa, quando fazia o balanço do IV Encontro Nacional dos Vereadores de Desporto e da Juventude que termina hoje na ilha da Boa Vista.

De um modo geral, Frederico Mbassa considerou que o encontro foi positivo, na medida em que se conseguiu alcançar as expectativas que eram elevadas para a ilha, realçando a importância de se estreitar as relações entre o Governo, o instituto e as câmaras municipais para que se possa delinear as próximas ações nas áreas da juventude e do desporto.

Daí que salientou que o Governo quer que o sistema desportivo seja cada vez mais estruturado para dar as respostas que se tem de dar à juventude no país.
Por isso, o presidente do IDJ voltou a frisar a importância deste encontro, destacado pela disponibilidade dos vereadores que colaboraram, apontando subsídios e sugestões de como é que se poderá melhorar a comunicação e alinhar os projectos.

O mesmo avançou que saíram do encontro algumas recomendações importantes no que tange à preparação e planificação dos contratos-programa, em que as câmaras municipais terão que ter editais de concursos previamente trabalhados, alinhar os planos e relatórios de actividades para que se possa trabalhar projectos em sintonia, concretizados dentro da política nacional de desenvolvimento desportivo e da matriz da juventude, inserido dentro do plano de desenvolvimento sustentável do país.

“A Câmara Municipal da Boa Vista nos solicitou um apoio e parceria a nível de infraestruturas desportivas tanto físicas como digitais, e vamos apresentar e trabalhar em conjunto uma proposta para que se tenha até antes do final deste ano um documento a ser implementado a partir de Janeiro de 2023”, assegurou, especificando sobre projectos concretos a serem desenvolvidos na ilha da Boa Vista.

Ainda para Boa Vista, Frederico Mbassa adiantou que se dará atenção especial para a formação dos dirigentes, atletas, monitores, ao desporto escolar e escolas de iniciação desportiva e sensibilização dos jovens para prática de hábitos saudáveis.

Ainda a nível nacional, Frederico Mbassa relembrou que o país está numa fase de planificação do desenvolvimento para os próximos anos e, por isso, se quer que estes dois sectores, o desporto e a juventude tenham um impacto positivo e maior, a nível da planificação do desenvolvimento e orçamentação e financeira.

VD/JMV

Inforpress

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos