Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Boa Vista: Grupo Vindos do Espaço vai retratar o desenvolvimento da ilha com o tema “Nos Bubista”

Sal Rei, 21 Fev (Inforpress) – O grupo carnavalesco Vindos do Espaço, de Rabil, propõe para este ano o tema “Nos Bubista” para retratar a fase actual do desenvolvimento e o passado da ilha da Boa Vista.

Estas informações foram adiantadas pelo presidente do grupo Nelson Santos da Cruz que adiantou que já estão num bom caminho com as preparações, e ensaios no polivalente de Rabil, localidade do grupo.

“O tema é ‘Nos Bubista’, para retratar a fase actual de desenvolvimento da ilha e o passado. A ideia é dar a conhecer aos mais novos esta história, mas também aos turistas que vêm para assistir ao Carnaval”, informou Nelson Santos da Cruz que fundou o grupo.

Este dirigente carnavalesco disse que “apesar do grupo sentir-se injustiçado na atribuição de prémios do ano passado, o pedido das pessoas para o grupo sair falou mais alto”.

“Queremos esquecer o que aconteceu. Achamos que fizemos um trabalho passo a passo dentro da ilha, sentimos que não deram valor ao nosso trabalho”, queixou-se Nelson, referindo-se ao grupo concorrente que desfilou em 2019, com o mesmo andor que outro grupo de São Vicente utilizou no ano anterior.

O mesmo acrescentou ainda que havia membros do grupo no corpo de jurados do Carnaval. Mas voltou a repetir que pretende esquecer este episódio, sendo que, para ele, o maior incentivo são as crianças que começam a perguntar se o grupo vai ou não desfilar.

Quanto à música, Nelson disse que já está gravada e divulgada para que os foliões comecem a aprender a letra que tem a sua assinatura, e que este ano haverá batucada para acompanhar o ritmo durante o desfile.

As roupas estão a ser costuradas por um membro da equipa que vem da cidade da Praia para os ajudar e os desenhos são de Nani.

Quanto aos andores, pretendem sair com um andor, e uma “surpresa”. Entretanto, prevê sair “no próximo ano com dois andores, tendo em conta o aumento do apoio financeiro por parte da Câmara Municipal da Boa Vista.

Assim como o grupo concorrente, apontou também como “a maior dificuldade a aquisição de materiais”.

Entretanto garantiu que os trajes “têm um custo simbólico, para conferirem maior adesão de pessoas nos desfiles”, apesar de, explicou, “os valores reais das confecções das roupas ultrapassarem, todas as vezes, o que se paga para os mesmos”.

Outra indignação do presidente é “o facto dos hotéis e operadores turísticos venderem a festa do rei Momo e não ajudarem a realizar esta manifestação cultural”.

Mas voltou a referir que o amor pelo Carnaval é “a maior força que o faz trabalhar”. Por isso, “conta sempre com o apoio de pessoas que o ajudam de forma voluntária”.

Vindos do Espaço nasceu em Abril de 2002 com o tema Estrela do Mar. Isto porque, como recorda desde criança gostava do grupo de Carnaval de São Vicente com o mesmo nome.

“Quando cheguei aqui eles brincavam o Carnaval, mas na maneira deles e nas suas tradições. Mas achei que havia mais condições de irem para frente com o Carnaval”, recordou Nelson Santos.

Com a simpatia e a adesão dos boa-vistenses começaram a fazer o Carnaval, passaram a sair todos os anos nas ruas de Sal Rei, e houve um ano que saíram somente na localidade de Rabil por falta de patrocínio para se deslocarem para a cidade.

“Deixo uma mensagem para as pessoas nos dar força para nos acompanharem e para aderirem aos ensaios, para no dia do Carnaval participarem em massa, para nos dar força”, concluiu Nelson, para quem a concorrência entre grupos que há dois anos existe no Carnaval da Boa Vista trouxe maior furor e empenho na participação no Carnaval da Boa Vista.

VD/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos