Boa Vista: Governo vai trabalhar “com urgência” em busca de financiamento para conclusão do bloco operatório  

Sal Rei, 13 Ago (Inforpress) – O vice-primeiro ministro, Olavo Correia, assumiu hoje compromisso de trabalhar “com urgência” na montagem do financiamento para a conclusão das obras do bloco operatório do Centro de Saúde da Boa Vista.

O também ministro da Finanças, que se encontra de visita à ilha da Boa Vista, deu esta garantia em declarações aos meios da comunicação social, após visitar o as obras do bloco operatório do Centro de Saúde, que se encontram paralisadas.

Trata-se de um dos projectos mais aguardados pela população dado a sua importância na melhoria nos serviços do sector na saúde para a ilha da Boa Vista.

“Há uma urgência na montagem do financiamento para concluir da infraestrutura que é importante para Boa Vista. Estamos todos empenhados e vamos nos próximos dias colocar o máximo de foco para fechar o financiamento para que o bloco operatório possa ser concluído”, garantiu Olavo Correia, que admitiu haver necessidade de se criar e melhorar as condições de acesso à saúde na ilha, com infra-estruturas e recursos humanos para prestar melhor serviço.

Por isso, o governante reiterou que a construção do bloco operatório é uma “preocupação e prioridade” para o Governo, e que para que isso se está a trabalhar em parceria com a Câmara Municipal da Boa Vista uma solução para o bloco operatório que diz ser “urgente e emergente”.

Instado pela Inforpress a precisar uma data para o arranque e previsão da conclusão da obra que se previa para segundo trimestre do corrente ano, o vice-primeiro ministro reafirmou o compromisso de trabalhar com “máxima urgência” para fechar esta operação “num curto espaço de tempo possível”, sublinhando para ainda este ano, dado a “importância e investimentos importantes” já feitos no bloco operatório.

“Cada dia que passa são mais custos financeiros e sociais para as pessoas que vivem aqui, portanto quanto mais cedo fecharmos esta empreitada será melhor para todos, dai que vamos colocar o foco e priorizar esta obra para que ela seja concluída”, disse, preferindo não avançar uma data exata para, como disse, não estar a comprometer-se demais.

Hoje, segundo dia da visita, à Boa Vista, o governante visitou as obras do largo da Praça Santa Isabel e ali afirmou o Governo esta a trabalhar em parceria com a Câmara Municipal da Boa Vista para criar condições para ter recursos financeiros para que o término da obra seja mais breve possível.

Vincou a importância do equipamento para criar centralidade do ponto de vista turístico, cultural, económico e social para a cidade de Sal Rei e para a ilha da Boa Vista.

Entretanto, ainda sobre este projecto, na sexta-feira, 12, o ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, que também se encontra na ilha da Boa Vista, anunciou durante encontro com operadores económicos que o Governo autorizou a atribuição de um aval de 220 mil contos à Sociedade de Desenvolvimento Turístico de Boa Vista e Maio (SDTBM) para garantir a conclusão das obras de requalificação do Largo de Santa Isabel.

Olavo Correia e Silva que manteve ainda encontro com operadores económicos da ilha, adiantou que o Governo vai trabalhar também em parceria com a Câmara Municipal da Boa Vista para ter na ilha uma casa do empreendedor para que os empresários e mulheres empresárias possam ter um único balcão onde poderão obter toda informação e suporte, para que haja “maior e rápido acesso aos financiamentos” e que as empresas possam ter todo o apoio para serem bem-sucedidas com projectos que tenham sucesso.

Ainda hoje, Olavo Correia visitou a obra do centro de saúde reprodutivo, a zona do bairro de Boa Esperança, a lixeira municipal, a empresa Água e Energias da Boa Vista (AEB) e o Centro de Emprego e Formação Profissional.

Ao final da tarde manteve um encontro com jovens empresários da ilha da Boa Vista.

VD/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos