Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Boa Vista: Fórum Infanto-juvenil para comemorar Dia Internacional dos Direitos das Crianças

Sal Rei, 19 Nov (Inforpress) – A delegação da Educação na ilha da Boa Vista realiza no sábado, 20, um Fórum Infanto-juvenil para assinalar o Dia Internacional dos Direitos das Crianças e o 32° aniversário da Convenção Sobre os Direitos das Crianças (CDC).

A sub-directora para assuntos de inclusão social e promoção da cidadania da Escola Secundária da Boa Vista, Dora Pires, explicou à Inforpress que esta actividade vai substituir o parlamento infantil que é realizado anualmente para comemorar a efeméride, e que, nestes últimos anos, tem sido feito virtualmente devido à crise pandémica da covid-19.

Isto porque, conforme explicou, devido a falta de certas condições o parlamento infantil, no formato online, acaba por dificultar a participação de todas as crianças.

Dora Pires informou que o fórum, que vai acontecer no auditório da Escola Secundária da Boa Vista, é uma iniciativa das Aldeias Infantis SOS, do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), da UNICEF e da delegação municipal da Educação.

A “gravidez precoce e sexo na adolescência”, proferida pela enfermeira do Centro de Saúde da Boa Vista, Raquel Lima, e “a qualidade da educação na ilha da Boa Vista”, proferida pela delegada da Educação na ilha, Risandra Gabriel, são os temas em discussão nesse fórum, informou.

Dora Pires afirmou que os assuntos foram escolhidos em votação feita pelos alunos que escolheram e sugeriram os temas, indicando que, tratando-se de um fórum, após apresentação dos temas pelas oradoras, seguem-se debates abertos para os alunos.

E para seguir as orientações que receberam dos organizadores do fórum, a mesma aclarou que, cada director de turma seleccionou dois alunos, um do sexo feminino e outro do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 12 e 17 anos.

A subdiretora para assuntos de inclusão social e promoção da cidadania precisou que, no total, serão cerca de 40 alunos, sendo 35 da Escola Secundária da Boa Vista e cinco da Escola do Rabil, que participam do Fórum Infanto-juvenil.

“Espero que os alunos tenham boa participação no fórum”, desejou, explicando que foram realizadas algumas sessões de preparação nas quais se conseguiu avaliar que os alunos estão preparados e incentivados para debater os temas escolhidos.

VD/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos