Boa Vista: Familiares procuram a jovem Gabriela Évora desaparecida desde quarta-feira 

Sal Rei, 18 Out (Inforpress) – Os familiares de Gabriela Évora, uma jovem de 31 anos desaparecida desde da última quarta-feira, 14, no trajecto cidade de Sal Rei- Rabil, quando foi fazer compras na cidade de Sal-Rei, continuam à procura da mesma.

Segundo informações fornecidas pelo irmão, Luís Évora, Gaby como é popularmente conhecida em Rabil onde mora, por volta das 10 horas de quarta-feira saiu de casa e foi à cidade de Sal Rei para ir fazer compras, e que “não regressou a casa”.

Ainda conforme prossegue o irmão da jovem, Gaby estava a preparar viagem a Santo Antão, mas garantiu que ela não levantou a passagem marítima que havia comprado para quinta-feira.

Conforme Luís Évora, contactou com o ex-namorado da irmã que lhe garantiu que tinha falado com a Gabriela ao telefone (telemóvel) por volta de meio dia.

Entretanto, Luís Évora conclui que a irmã Gaby desapareceu nesse meio tempo (depois do meio dia) porque, segundo disse, tentou ligar para o telemóvel da irmã e ela não atendeu.

No seu relato, Luís Évora garante ainda que por volta das 21 horas do mesmo dia contactou também o rapaz com quem a irmã vivia actualmente, mas que este lhe respondeu: “ainda não tenho pistas da tua irmã”.

Contudo, Luís Évora relatou que “assim como há testemunhas que afirmam tê-la visto na cidade de Sal Rei, há também pessoas que confirmam que ela regressou para Rabil e que esteve com o ex-namorado, por volta das 17 horas”.

Mas, Luís Évora alegou que não se conforma com estes relatos de pessoas que contam que viram a irmã em lugares diferentes na cidade de Sal Rei, na quinta-feira.

Visivelmente transtornado com a situação, Luís garante que desde quinta-feira vão todos os dias à Polícia pedir ajuda na busca da irmã que tinha planos de viajar a Santo Antão a fim seguir um tratamento, mas que o fazia de livre e espontânea vontade, sem esconder nada de ninguém.

No entanto, fez um desabafo, deixando entender que a irmã vinha sendo “perseguida” pelo ex-namorado, mas não entrou em mais pormenores.

Conforme avançou ainda, os amigos e familiares da zona de Rabil estão a ajudar na busca de   Gabriela Évora, quem descrevem ser pessoa “muito amável e conhecida no seio da comunidade onde vive”.

“Peço e agradeço aos que nos têm ajudado na procura e nas orações para encontrar a minha irmã”, disse, sublinhando ainda a quem souber do paradeiro da Gabriela ou a tenha visto, o favor de contactar a família ou Polícia.

VD/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos