Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Boa Vista: Delegação do Ministério da Educação suspende aulas em escolas de Sal Rei e da Bofareira

Sal Rei, 29 Abr (Inforpress) – A Delegação do Ministério de Educação suspendeu aulas a partir de hoje na Escola Secundária de Sal Rei e na escola da Bofareira, por dez dias, devido ao aumento do número de casos da covid-19. 

A informação foi avançada em comunicado do Ministério da Educação e certificada pela delegada da Educação da Boa Vista, Risandra Gabriel, que explicou que “a decisão veio na sequência do surgimento de vários casos da covid-19 na comunidade estudantil, tendo sido suspenso aulas desde o dia 20 até quinta-feira, 28, “em seis grupos do 7º ao 10º ano da Escola Secundária da Boa Vista”.  

“Com o intuito de evitar que o vírus se propague e chegue a um ponto que não consigamos ter controlo, achamos que é melhor suspender as aulas, para evitar que o vírus espalhe e que depois não consigamos fazer algo para evitar que coisas piores possam acontecer”, justificou. 

Conforme a delegada, a suspensão das aulas “é de carácter temporário”, por um período de 10 dias, com excepção para as turmas do 12º ano de escolaridade, em que ainda não houve registo de nenhum caso positivo.  

Por isso, informou que as aulas prosseguem normalmente para os alunos do 12 º ano, relembrando que se aproxima a avaliação final que terá inicio com as Provas Gerais Internas (PGI).  

A delegada garantiu, no entanto, que a delegação vem garantindo o funcionamento das aulas, sob o cumprimento das medidas sanitárias, mas que “as alterações se justificam pelo disparo de casos da covid-19 na última semana”.  

A escola de Bofareira é outro estabelecimento encerrado, e Risandra Gabriel ligou esta

decisão ao aparecimento de quatro casos positivos, “numa funcionária e em três alunos no grupo dos 14 da escola”.  

Ainda sobre este encerramento, segundo fundamentou a delegada, ocorre também devido a zona de Bofareira ser uma das localidades da ilha onde se vem registando “maior número de casos, nestes últimos dias”.  

Em análise dos dados de covid-19 nas escolas de Boa Vista actualizados e enviados à Direcção-geral da Educação, a responsável observou que se constatava que o maior número de casos positivos incidia nos professores, e actualmente o registo de aumento do número de casos se releva nos alunos.  

A delegada comentou que pela observação que faz aparenta que “os alunos comportam-se  como se o vírus circula somente nas escolas e que a partir do momento que saem dos estabelecimentos já não há riscos”.  

Isto porque, continuou, apesar de “se pautar pelo cumprimento de todas as medidas dentro das escolas”, os alunos quando saem no pátio ou fora do estabelecimento escolar “estão sem máscaras, se abraçam e não respeitam as normas”. 

Por isso, a delegada da Educação da Boa Vista apela a toda a comunidade educativa, ou seja alunos, professores e pais e encarregados de educação para se ter “mais responsabilidade e mais consciência”, pois ao seu ver “só se conseguirá vencer a pandemia ou ao menos evitar o aumento de casos se todos fizerem a sua parte”.  

“Mais responsabilidade, mais cuidado, porque quando cuido da minha pessoa estou cuidando do meu próximo, do meu familiar”, finalizou.  

VD/AA

Inforpress 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos