Boa Vista comemora hoje o Dia do Município e da sua padroeira Santa Isabel

 

Sal-Rei, Boa Vista, 04 Jul. (Inforpress) – A população da Boa Vista comemora hoje o Dia do Município e da protectora Santa Isabel, numa mescla de actividades politicas, religiosas e profanas com o dia a começar com uma sessão solene na Assembleia Municipal, seguida de cerimónia eucarística.

Os eleitos municipais e a sociedade civil estarão hoje com as atenções primeiramente viradas para a sessão solene, na qual as forças politicas, saídas das últimas eleições autárquicas, vão fazer a radiográfica dos últimos dez meses desta gestão autárquica.

Mal termina a cerimónia política, as actividades de raiz religiosas entram em cena, com Dom Arlindo Furtado, na sua primeira visita oficial a Ilha das Dunas, enquanto Cardeal, a presidir o tradicional ritual eucarístico, precedido de cortejo por algumas das principais artérias da Cidade de Sal-Rei, com o intuito de transmitir a mensagem da fé e partilha do bem comum.

A emblemática Igreja Matriz, edificada no centro da cidade, apresenta-se de cara lavada, já que nos últimos dias recebeu pequenas obras de remodelação, típicas da ocasião, tendo sido de véspera totalmente ornamentada com flores e cobertura defronte da sua entrada principal de forma a melhor acomodar os muitos fieis que, certamente, irão desafiar o sol abrasador que far-se-á sentir a estas horas.

Por volta das 12:00 , o desporto toma de assalto o município para a realização da prova de regata e puxa-corda, na Praia de Diante, estando o período reservado para as corridas de Cavalo e de Burro, na Praia Cabral.

Pelo meio ficam adiada a inauguração de algumas obras sociais frutos da parceria publico/privada.

As actividades culturais na sua velocidade cruzeiro tiveram continuam no seu apogeu no raiar do dia, já que o Festival realizado no Largo Santa Isabel prolongou-se até esta manhã, dado o avolumar de artistas locais, que fizeram jus ao lema “Vamos resgatar a nossa tradição”.

O fogo de artificio deu boas vindas aos munícipes logo as 00:00, para o gáudio dos festivaleiros que corresponderam com vibração.

O artista boavistense radicado na Noruega Ary Morais, que se celebrizou com a morna “Santa Bubista”, vai estar subir o palco em plena luz do sol, quando o mítico agrupamento musical “Os Tubarões” já se fez ouvir pela madrugada.

Como já tem sido norma por este país durante os festivais e festas de romarias, a proliferação das barracas de comes e bebes marcam a sua presença, infelizmente num ritual marcado pelo consumo abusivo e exagerado do álcool.

A festa, esta, só será encerrada na quarta-feira, 05 de Julho, por sinal dia que Cabo Verde celebra o 42º aniversário da sua Independência nacional com a realização do baile popular no Polivalente Djidjung, a cargo do trio Jorge, Rick Boy e Kady & Banda.

SR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos