Boa Vista: Cinco clubes já confirmaram presença no campeonato que arranca a 13 de Fevereiro – presidente da ARFBV 

Sal Rei, 07 Dez (Inforpress) – Cinco equipas já confirmaram presença no campeonato regional de futebol 2020/2021, na ilha da Boa Vista, que deverá começar a 13 de Fevereiro com todas as condições sanitárias no Estádio Arsénio Ramos, informou Carlos Lima.

O presidente da Associação Regional de Futebol da Boa Vista, Carlos Lima, avançou estas informações à Inforpress quando falava sobre reuniões realizadas, esta semana, com os clubes e a Câmara Municipal para definir os preparativos das competições da época futebolística 2020/2021.

“A ideia é iniciar na segunda semana de Fevereiro respeitando o plano de contingência e seguindo todas as regras e normas sanitárias. Informamos os clubes sobre os incentivos que irão receber para poderem entrar no campeonato da melhor forma possível”, afirmou referindo-se aos subsídios atribuídos pela Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) no valor de 100 mil escudos e o da Câmara Municipal da Boa Vista que será disponibilizado no final do mês de Janeiro.

Segundo avançou Carlos Lima, este ano haverá um autocarro para transporte dos atletas, sobretudo os da zona norte, frisando “ser uma grande valia” tendo em conta que “os clubes têm grandes despesas de transporte nos seus orçamentos”.

Conforme o dirigente desportivo, “seis dos oito clubes federados já confirmaram a sua presença no campeonato regional de futebol”, aguardando-se, entretanto, “a decisão, o mais tardar até ao final desta semana, do Onze Estrelas de Bofareira e do São Joanense”.

Sobre o encontro realizado com a Câmara Municipal, Carlos Lima adiantou que “ficou acordado com a edilidade o compromisso de fazer alguma manutenção no Estádio Arsénio Ramos, nomeadamente na pintura e disponibilização de água potável no estabelecimento desportivo”.

Outra nova deste campeonato boa-vistense, também em parceria com a edilidade e com uma operadora de telecomunicações, anunciou Calos Lima “a transmissão online em directo dos jogos que ultrapassarão as fronteiras da ilha e poderão ser assistidos pela Diáspora”.

Quanto ao pagamento das despesas, tendo em conta o défice de arrecadação de receitas por causa da ausência de bilheteria, explicou que “este ano a Federação Cabo-verdiana de Futebol vai arcar com as despesas de árbitros e da Policia Nacional (PN)”.

Já a presença da Protecção Civil, disse o dirigente que “conforme acordo com o vereador do desporto possivelmente os ‘soldados da paz’ poderão marcar presença no estádio para apoiar os clubes”, isto porque indicou “a falta de receitas veio dificultar as chances de pagar a estes profissionais”.

Para conferir as condições sanitárias para prevenção da covid-19, Carlos Lima declarou que “se baseou nas recomendações da Federação Cabo-verdiana de Futebol para elaborar um plano que foi enviado e aprovado pela delegacia de Saúde da Boa Vista”.

O responsável da ARFBV garantiu que “se irá trabalhar o plano a risca e os clubes irão assinar um termo de responsabilidade para o seguir”, afiançando ainda que, “haverá álcool-gel, água e produtos para higienizar o espaço e equipamentos e ainda pessoas no estádio para ajudar a cumprir as normas”.

No entender do presidente da ARFBV “estão reunidas todas as condições para realizar o campeonato” porque “os jogadores e a ilha precisam respirar futebol que é saúde”, almejando ainda, “para a satisfação de todos, o arranque do campeonato regional de futebol da Boa Vista a 13 de Fevereiro”.

VD/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos