Boa Vista: Câmara Municipal anuncia que não haverá festival da praia d´Cruz este ano

Sal Rei, 26 Jul (Inforpress) – A Câmara Municipal da Boa Vista (CMBV) anunciou hoje que não vai realizar o festival de Praia d´Cruz, dado à conjuntura actual de crise e que priorizará a requalificação urbana e término das obras em curso.

Esta decisão foi anunciada hoje pelo presidente da Câmara Municipal da Boa Vista (CMBV), Cláudio Mendonça, que falava em conferência de imprensa sobre esta resolução que saiu da reunião ordinária da autarquia.

Conforme o edil da Boa Vista, tendo em conta as dificuldades actuais da crise mundial e apesar dos resultados do desempenho da autarquia serem “bastante positivos”, toda a entidade pública e privada tem que analisar a perspetiva do momento, que é de difícil contingência, e que requer alguma contenção de despesas.

“A Câmara Municipal da Boa Vista, na reunião ordinária, decidiu pela não realização do festival de praia d´Cruz, considerando todo este prossuposto da situação da crise e incerteza que estamos a passar neste momento, que não sabemos o desenrolar da guerra e tudo isso requer equilíbrio na realização das despesas”, afirmou o edil.
Autarca.
Esta decisão foi justificada pelo edil ainda decisão com o encerramento dos hotéis, caída da economia e desemprego, pelo que, explicou, houve a necessidade de a câmara municipal como entidade pública da ilha analisar a situação e tomar medidas assertivas.

E sobre esta medidas assertivas referiu a questão da requalificação urbana, o término das obras em curso, nomeadamente aa que decorrem ao largo de Santa Isabel.

Entretanto, para preencher o verão, Cláudio Mendonça disse que serão realizadas várias actividades no mês de Agosto, para movimentar um pouco a época, com o programa do desporto de juventude da ilha e um mês recheado em termos de programação a nível da juventude.

Haverá ainda, segundo indicou Cláudio Mendonça, várias actividades de praia de mar, formações, algumas actividades náuticas, feiras e encontros com emigrantes que regressam por esta altura para visitar o país, inauguração do Balcão Único de atendimento (BU) e ATM na localidade do Rabil.

“Estamos focados naquilo que é prioritário do ponto de investimento das obras, naquilo que é prioritário para o desenvolvimento económico da ilha, nomeadamente a questão de infraestrutura, e na questão base de engajar e fazer todo o esforço para terminarmos as obras da praça Santa Isabel, dentro do timming estabelecido”, reiterou, garantindo priorizar atividades económicas e acções que vão impactar a vida económica e social da ilha.

VD/JMV

Inforpress/FIM

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos