Boa Vista: 9ª Semana Empreendedorismo e Empreendimento Jovem terá 10 acções de formação e conversas abertas sobre ofertas formativas

Sal Rei, 22 Abr (Inforpress) – A 9ª Semana do Empreendedorismo e Empreendimento Jovem arrancou hoje em Sal Rei, com conversa aberta visando informar alunos da escola secundária da Boa Vista sobre as ofertas formativas da Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde.

No ato d a abertura da semana de empreendedorismo, o representante da Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde (EHTCV), Edna Tomar, informou os alunos das escolas secundárias da Boa Vista sobre as ofertas formativas e as bolsas de estudo que o estabelecimento de ensino tem disponível.

Para a representante, “para fazer um turismo de qualidade em Cabo Verde, tem que se apostar na formação de qualidade como um factor determinante”.

“Falar de hotelaria e turismo é algo tão natural como falar do sol e do mar que temos”, contou Edna Tomar, explicando aos alunos sobre os perfis de entrada, condições das várias formações disponíveis que possibilitam, por exemplo, trabalhar em departamentos dum hotel.

As condições para se candidatar para as 80 bolsas que a EHTCV tem disponível, a taxa de empregabilidade dos cursos e o mercado de trabalho foram outros temas que a representante procurou esclarecer aos futuros formandos.

O director do Gabinete de Formação e Vocação Profissional da Câmara Municipal de Boa Vista, Victor Fortes, por sua vez, falou também sobre algumas ofertas formativas disponíveis, nomeadamente através de parcerias e protocolos que a autarquia tem com universidades portuguesas, nacionais e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

O presidente da Câmara Municipal de Boa Vista fez a abertura da Formação de Culinária Contemporânea, destacando a importância desta semana, discernindo sobre o objectivo de ajudar alunos a orientar na escolha do ponto de vista de formação futura e vocação profissional.

“Há muitos jovens que chegam no 12° ano, e até na hora de concursos, não sabem qual a formação que querem no futuro. Esta semana vai vos ajudar no sentido de procurar uma formação de acordo com a vossa vocação, mas também igualmente importante analisando o mercado de trabalho”, disse o edil, explicando que, “muitas vezes, a má escolha de formações que não estão em sintonia com o mercado de trabalho faz engrossar a fila do desemprego no país”.

“É importante analisarmos o mercado e a taxa de empregabilidade dos cursos, porque o Estado tem por obrigação ajudar jovens com bolsas, vagas para formação, mas não é obrigado a dar emprego”, informou o presidente, destacando a importância do auto-emprego, pedindo aos jovens para não ficarem muito dependentes de terceiros para trabalhar.

Durante esta semana, arrancam 12 formações em diversas áreas. Haverá conversas abertas com universidades a fim de informar e esclarecer alunos sobre as suas ofertas formativas. Estão ainda em agenda visitas de estudo a empresas e serviços nacionais.

A semana encerra na sexta-feira, 26, com a 10 edição da feira das profissões. Esta iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Boa Vista, Centro de Juventude, em parceria com a escola secundária da ilha.

VD/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos