Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Biden procura consolidar o Quad como um baluarte da democracia contra a China

Washington, 25 Set (Inforpress) – O Presidente dos Estados Unidos usou a primeira cimeira cara a cara do grupo Quad para a consolidar como um baluarte da democracia face a uma China cada vez mais determinada a reivindicar um lugar dominante no mundo.

O Quad, composto pela Índia, Austrália, Japão e EUA, foi criado em 2007 e ficou adormecido durante anos até Joe Biden ter decidido ressuscitá-lo com uma primeira reunião virtual dos seus chefes de Estado e de Governo em Março deste ano.

Estiveram presentes na Casa Branca para a reunião de sexta-feira, Biden e os primeiros-ministros da Austrália, Scott Morrison, Japão, Yoshihide Suga, e Índia, Narendra Modi.

No início da reunião, Biden descreveu o Quad como um grupo de países que partilham uma visão semelhante do mundo e, com particular ênfase, disse: “Somos quatro democracias com uma longa história de cooperação. Sabemos como fazer as coisas, e estamos prontos para os desafios.

Por seu lado, Suga, naquela que foi a sua última visita à Casa Branca como primeiro-ministro japonês, viu a reunião do Quad como um reflexo da forte solidariedade entre as quatro nações e do seu “empenho inabalável numa visão comum para um Indo-Pacífico livre e aberto”.

Morrison também fez eco desta aspiração por um Indo-Pacífico “livre de coerção, onde os direitos soberanos de todas as nações sejam respeitados e onde as disputas sejam resolvidas pacificamente de acordo com o direito internacional”.

O australiano não mencionou a China e a sua ascensão naquela região, mas acrescentou à concepção de Biden do mundo como um concurso entre democracias e regimes autoritários.

Além disso, Modi falou do seu desejo de consolidar o compromisso assumido pela Quad na sua primeira cimeira, em Março: entregar mil milhões de doses de vacina covid-19 em toda a Ásia até 2022.

A cimeira surge apenas uma semana após os EUA terem revelado a nova aliança de defesa Indo-Pacífico com a Austrália e o Reino Unido.

Tanto esta nova aliança de defesa como a reunião diplomática de sexta-feira mostram que Biden vê o Indo-Pacífico como a arena onde Washington e Pequim irão disputar a hegemonia global.

Inforpress/Lusa

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos