Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Biden exige a Putin para agir contra cibercriminosos russos

Washington, 09 Jul (Inforpress) – O Presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Joe Biden, exigiu hoje a Vladimir Putin, por telefone, que “tome medidas” contra os cibercriminosos russos que actuam em território norte-americano, reiterando que poderá responder aos ciberataques.

A conversa ocorreu menos de um mês depois de os dois chefes de Estado terem-se encontrado em Genebra, Suíça, quando Biden alertou para a sucessão de ataques cibernéticos a empresas e infra-estruturas dos EUA provenientes da Rússia.

De acordo com um comunicado da Casa Branca, os EUA tomarão as medidas necessárias para “defender o seu povo e a sua infra-estrutura crítica”.

Um novo ataque de ‘ransomware’ (software maligno que bloqueia o acesso a comutadores e cobra um resgate em criptomoedas) pelo grupo de hackers REvil com sede na Rússia provocou um vasto bloqueio no último fim-de-semana, tendo afectado cerca de 1.500 empresas.

“Biden salientou a necessidade de a Rússia agir para bloquear os grupos de ‘ransomware’ e enfatizou que está comprometido e envolvido numa ameaça mais ampla do ‘ransomware’”, adiantou a Casa Branca.

Após a última conversa entre os dois chefes de Estado, em Junho, seguiu-se uma série de ataques de ‘ransomware’ em infra-estruturas vitais e em grandes corporações, elevando a ameaça a um problema urgente de segurança nacional para a Administração Biden.

Um ataque em Maio a um oleoduto que fornece cerca de metade do combustível utilizado na costa este dos EUA fez com que a Colonial Pipeline paralisasse temporariamente as operações.

A empresa, segundo a agência noticiosa AP, pagou cerca de 4,4 milhões de dólares (cerca de 3,7 milhões de euros) pelo resgate. As autoridades norte-americanas conseguiram recuperar grande parte dessa quantia numa operação de aplicação da lei em Junho.

Os hackers também extorquiram à maior processadora de carne do mundo, JBS SA, 11 milhões de dólares (cerca de 9,27 milhões de euros).

Inforpress/Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos