Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Banco de Leite Humano do Hospital Agostinho Neto recolhe cerca de quatro toneladas de leite em 10 anos de existência (c/áudio)

Cidade da Praia, 06 Ago (Inforpress) – O Banco de Leite Humano do Hospital Agostinho Neto já realizou cerca de 32 mil atendimentos e fez a recolha de quatro toneladas de leite materno em 10 anos de funcionamento, avançou hoje o director do hospital, Imadoeno Cabral.

Este responsável avançou estas informações durante a sua intervenção na cerimónia de comemoração do 10º aniversário do Banco de Leite Humano do Hospital Agostinho Neto (BLH-HAN), enquadrada na comemoração da Semana Mundial do Aleitamento Materno de 2021.

Imadoeno Cabral realçou que durante esse período, o referido serviço hospitalar teve ganhos “consideráveis” nas várias vertentes, com actividades direccionadas à promoção, criação de melhores condições visando garantir a melhoria dos índices do aleitamento materno.

Durante este período, apontou, foram igualmente feitos investimentos em matéria de acções de formação dos profissionais de saúde, dos agentes comunitários e houve uma maior articulação entre os níveis de estruturas de saúde em Cabo Verde com o propósito de alinhar e fortalecer os conhecimentos relacionados à causa social.

Graças ao apoio do Governo brasileiro, que ajudou na implementação do projecto, hoje, de acordo com este responsável, Cabo Verde tem um serviço funcional, único no País e em África, com todos os equipamentos e recursos humanos que garantam uma maior segurança na colheita e transfusão do leite materno.

“Antes o serviço tinha um quadro pessoal constituído por duas enfermeiras e uma nutricionista e neste momento, passou a contar com mais uma bióloga que tem um papel fundamental no processo de desenvolvimento, controlo e qualidade do leite”, asseverou, referindo que o serviço foi equipado com equipamentos financiados pela Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, mas que durante o percurso, recebeu donativos OMS, Unicef, do Programa Nacional de Nutrição do Ministério da Saúde, bem como do próprio hospital.

Destacou o papel fundamental das famílias na disponibilização de vidros para a colheita do leite, acrescentando que em termos de números foi possível colectar mais de 3.960 litros de leite durante esse período.

“O número de crianças beneficiadas neste percurso saiu de 48 em 2011 para 460 em 4019, tendo em 2020 atingido 363, o número de doadores em 2011 era 82 e passou para 414 em 2019 e no ano 2020 representou mais de 260. Realizou-se também mais de 667 visitas domiciliárias, o que representa mais de 32 mil atendimentos aos grupos sociais”, adiantou.

O aumento registado nas diferentes vertentes, prosseguiu, possibilitou aumentar a sobrevivência da criança em situação de prematuridade profunda, garantir uma melhor qualidade e segurança alimentar das crianças prematuras e reduzir a má nutrição e mortalidade infantil no País.

O director do HAN salientou ainda que os ganhos contribuíram também para o aumento da taxa de aleitamento materno exclusivo até seis meses, uma melhor alimentação e segurança nutricional das crianças, em que a mãe sofre alguma patologia e não pode amamentar a criança e uma redução substancial do uso e alimento substituto do leite materno.

“Neste momento temos desafios, por isso, apelei a todos os profissionais dos serviços da maternidade e pediatria para trabalharmos para cumprir os 10 passos do aleitamento materno exclusivo e poder ter a certificação como o Hospital Amigo da Criança. É o objectivo nos próximos dois anos e vamos fazer de tudo para que possamos conseguir e será seguramente um grande ganho para o país”, concluiu, realçando que o cumprimento desse objectivo requer um forte engajamento comunitário.

O BLH-HAN na cidade da Praia foi inaugurado no dia 01 de Agosto de 2011, no âmbito do projecto de Cooperação com a Agência Brasileira de Cooperação  (ABC), do Ministério da Saúde do Brasil e da Fiocruz-IFF & ICICT.

O Banco de Leite Humano é o serviço especializado, responsável por acções de promoção, protecção e apoio ao aleitamento materno e execução de actividades de colheita da produção láctica da nutriz, do seu processamento, controlo de qualidade e distribuição.

CM/ZS

Inforpress/Fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos