Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Bairro piscatório de Achada Grande Frente acolhe festival gastronómico/cultural “Frutos do Mar”

Cidade da Praia, 17 Ago (Inforpress) – A localidade piscatória de Achada Grande Frente inaugurou no início desta tarde o “Festival Frutos do Mar”, uma iniciativa da empresa de mergulho, Santiago Diving, visando incentivar a prática do mergulho e natação, mas promovendo as dádivas do mar.

Jean Correia, membro da organização, disse à Inforpress que se pretende com esta iniciativa inédita neste bairro da Cidade da Praia, valorizar acima de tudo o mar, já que a localidade tem sido uma referência pela venda e consumo de mariscos de entre outros frutos do mar.

Por esta razão, o festival apresenta gastronomia que vai desde moreia, passando por búzios, caranguejos, lapas, polvo, percebes à lagosta, de entre outras variedades.

A organização garante que ao longo deste final de semana os festivaleiros serão agraciados com uma mescla de música e gastronomia, já que um naipe de artistas que vão de funaná, passando por rapper, a mornas de entre outros estilos tradicionais, com o agrupamento os Ferro Gaita como cabeça-de-cartaz.

Conforme explicou, para dar maior brilho à iniciativa, a organização conta com os serviços de restaurantes especializados em mariscos como De Concept, Flor de Liz, que se associa a Santiago Diving que coloca à disposição dos presentes, mariscos, moreia, lapa, búzio e percebes, fornecidos pelos pescadores e peixeiras da comunidade.

O Festival Frutos do Mar, especificou, teve o seu arranque propriamente na quarta-feira, 14, com actividades como “workshop”, palestras sobre a biodiversidade, recursos marinhos, protecção de meio ambiente aquático e sub-aquático, pelo que, atestou, este final de semana de gastronomia e música é vista como a “cereja no top do bolo”.

“Esta é a primeira edição, mas a nossa ideia, que partiu de um grupo de jovens de Achada Grande é continuar. Possivelmente vamos expandir este festival a outros bairros e quiçá a todas as ihas de Cabo Verde”, revelou Jean Fortes, que integra o grupo que, juntamente com Santiago Diving de Miki Correia e Rui Barros, almejam levar este projecto à frente.

Sublinhou que para além do capítulo comercial e cultural, este “Festival Frutos do Mar” abarca a vertente social, pelo que paralelamente ao certame decorre uma Feira de Saúde na rua da capela e a entrega de 30 a 50 cestas básicas às famílias mais carenciadas deste bairro.

SR/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos