Autores de contos infantis dos PALOP já podem concorrer ao Prémio Matilde Araújo

Cidade da Praia, 16 Fev (Inforpress) – A Câmara Municipal da Trofa informou que tem aberto até 31 de Maio, o concurso lusófono da Trofa – Prémio Matilde Rosa Araújo para autores de contos infantis dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

Segundo informações avançadas no ‘site’ da autarquia portuguesa, a iniciativa é da Câmara Municipal da Trofa em parceria com o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, e tem como objectivo promover obras de literatura infantil, dando a conhecer novos autores e ilustradores.

A edição de 2021, avança a mesma fonte, destaca-se por algumas novidades face às edições anteriores, elucidando que podem participar autores com ou sem livros publicados e que passam a existir apenas dois prémios: o Prémio Matilde Rosa Araújo, para melhor conto, no valor de 2500 euros e o Prémio Ilustração, para a melhor ilustração, no valor de 2000 euros.

O concurso destina-se a cidadãos maiores de 18 anos, naturais dos países de língua oficial portuguesa, naturalizados e estrangeiros cuja situação de permanência no país esteja devidamente legalizada e com residência comprovada há mais de dois anos.

Podem participar cidadãos de todos os países lusófonos: Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor.

A cerimónia de entrega dos prémios será realizada no mês de Novembro, do ano a que respeita o concurso, durante as comemorações do aniversário do município da Trofa. 

CM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos