Autárquicas/Santa Catarina: PAICV pretende expandir mercado actual, remodelar e reabrir mercado antigo de Assomada

Assomada, 21 Out (Inforpress) – A candidatura do PAICV à Câmara Municipal de Santa Catarina disse hoje, em Assomada, que pretende expandir o mercado novo, remodelar e reabrir o antigo para criar mais espaço para os comerciantes.

Esses compromissos foram assumidos pelo cabeça-de-lista à câmara municipal, Armindo Freitas, durante uma visita ao mercado de Assomada, hoje em dia de feira, quando a azáfama é ainda maior.

A equipa ‘tambarina’ pôde constatar a falta de condições sanitárias, sobretudo no talho e na peixaria, que vendem produtos frescos.

Armindo Freitas assegurou que a solução para estas irregularidades será expandir o mercado actual e investir no mercado antigo para diminuir o número de feirantes no mercado novo.

“Logo após ganharmos as eleições de domingo, faremos arranjos no mercado antigo, para que possamos reabri-lo. Com isso, poderemos diminuir o número de feirantes neste mercado novo e encaminhá-los para o antigo, já remodelado” disse Armindo Freitas que prometeu, em declarações à imprensa, no final da visita, que “todos os mercados e feiras serão reorganizados, todos estarão no seu devido lugar, com as melhores condições de higiene recomendadas”.

As propostas foram bem acolhidas, sobretudo pelas peixeiras que reclamam por melhores condições de venda e espaço para todos.

O candidato foi questionado sobre as dívidas acumuladas à câmara, que têm gerado alguma crispação entre os feirantes e a administração municipal. Freitas garantiu que, se ganhar, vai se sentar à mesa das negociações com a Associação de Rabidantes/feirantes para, em conjunto, encontrarem a melhor solução.

Disse que “neste processo, a edilidade abandonou os feirantes. Não os quis ouvir e nem foi sensível à questão. Em consequência, as dívidas acumularam-se durante todo este tempo de pandemia e os feirantes não conseguiram honrar os seus compromissos, devido à queda nas vendas”.

Outra proposta do PAICV é trabalhar para ajudar a Associação de Feirantes a ter recursos para a previdência social dos seus associados.

“A ideia é que parte dos recursos arrecadados com as taxas cobradas aos rabidantes seja direccionada para financiar assistência médica e medicamentosa aos feirantes”, assegurou Armindo Freitas que relembra que a sua plataforma eleitoral prevê reorganizar todos os mercados e feiras de Assomada.

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estavam inscritos nos cadernos eleitorais, provisoriamente, um total de 26.574 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 24.398, dos quais 15.452 votaram).

A nível nacional participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

EP/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos