Autárquicas 2020/Tarrafal: UCID acusa MpD de “comprar” seus representantes nas assembleias de votos

Cidade da Praia, 21 Out (Inforpress) – O cabeça de lista da UCID à Câmara Municipal do Tarrafal acusou esta terça-feira a candidatura do MpD de “comprar” 24 dos seus 49 representantes nas assembleias de voto para as eleições de 25 de Outubro.

“Fomos comunicados pela Comissão Nacional de Eleições (CNE) que 26 pessoas ficaram fora da nossa lista com o argumento de que não atenderam o telefone”, esclareceu Holden Duarte, em entrevista à Inforpress, antes de uma acção de campanha na localidade de Achada Lagoa.

O candidato da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID)) assegurou, que depois de contactar com essas pessoas, verificou que “aceitaram um pouquinho mais de dinheiro pago durante um dia para ficarem nas mesas de votos de um outro partido, designadamente o MpD”.

“Isso é decepcionante e trata-se de uma jogada muito baixa porque vamos ficar com apenas 23 pessoas para supervisionar 57 mesas de votos”, lamentou este candidato democrata-cristão.

Por isso, Holden Duarte observou que o seu partido vai perder representatividade em algumas mesas de voto, apesar da presença dos responsáveis da Comissão Nacional de Eleições nas assembleias de votos.

“Mesmo assim não são pessoas da nossa confiança. Queríamos a presença de pessoas da nossa confiança, para melhor supervisionar os trabalhos”, ressalvou o candidato da UCID para a presidência da câmara do município mais a norte da ilha de Santiago.

Para além de Holden Duarte, participam nessas eleições, para a presidência da Câmara Municipal do Tarrafal, José dos Reis (Partido Africano da Independência de Cabo Verde – PAICV), Domingos Semedo (Unidos por Tarrafal), Celso Soares (Movimento para a Democracia – MpD) e Cláudio Sousa (Movimento Independente Tarrafal).

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, concorreram, no concelho do Tarrafal, dois candidatos, tendo o MpD (José Soares) conquistado a câmara com 3.675 votos (53,70%), e o PAICV (José dos Reis Lopes Varela) alcançado 2.950 votos (43,11%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, neste município, estão inscritos 12.071 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 10.884, dos quais 6.843 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

OM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos