Autárquicas 2020/ Tarrafal: MpD impôs um candidato aos tarrafalenses e está desorientado – Domingos Semedo

Tarrafal, 20 Out (Inforpress) – O cabeca-de-lista do grupo independente “Unidos por Tarrafal” (UT) para a câmara do Tarrafal nas eleições de 25 de Outubro, Domingos Semedo, considerou hoje MpD “impôs” um candidato (Celso Ribeiro) aos tarrafalenses e que agora está “desorientado”

A afirmação foi feita para refutar as acusações do candidato do Movimento para a Democracia (MpD), que tem apontado Domingos Semedo como um “dissidente” do partido por não ter sido o escolhido para câmara de Tarrafal.

Domingos Semedo, que falava à imprensa à margem de um acção de campanha na localidade de Ribeira da Prata, garantiu que tem provas de que Celso Ribeiro foi o último candidato desejado, obtendo um voto na comissão política do MpD do Tarrafal.

“Foi uma escolha imposta pelos amigos e, por isso, os tarrafalense não podem abraçar esta candidatura”, denunciou Domingos Semedo, afirmando que foi chamado pela população para ser o “candidato do povo”.

“O MpD está desorientado, basta ver o número que ministros que tem visitado Tarrafal durante este período de campanha eleitoral. É sinal de que o candidato não está à altura”, observou.

Por tudo isto, o candidato de “Unidos por Tarrafal”, apelou os tarrafalenses a “validar” no dia 25 de Outubro a candidatura liderada por “Emílio Tita”, nome como também é conhecido Domingos Semedo.

“Um outro sinal de desorientação do MpD é que têm estado a comprar Bilhete de Identidade das pessoas que apoiam a candidatura da UT” denunciou Domingos Semedo.

Para além de Holden Duarte da UCID, participam nessas eleições, para a presidência da Câmara Municipal do Tarrafal, José dos Reis (PAICV), Domingos Semedo (Unidos por Tarrafal), Celso Soares Ribeiro (MpD) e Cláudio Sousa (Movimento Independente Tarrafal).

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, concorreram, no concelho do Tarrafal, dois candidatos, tendo o MpD (José Soares) conquistado a câmara com 3.675 votos (53,70%), e o PAICV (José dos Reis Lopes Varela) alcançado 2.950 votos (43,11%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, neste município, estão inscritos 12.071 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 10.884, dos quais 6.843 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

OM/DR

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos