Autárquicas 2020/Tarrafal: “Biscainhos não tem sinais de desenvolvimento e poder local explora ignorância da população” – Cláudio Sousa

Tarrafal, 17 Out (Inforpress) – O proponente do Movimento Independente Tarrafal para presidente da câmara nas eleições de 25 de Outubro visitou Biscainhos, notou falta de informação e criticou o poder local por ter estado a “explorar a ignorância” daquela população.

Cláudio Sousa sustenta esta afirmação, argumentando que aquele povoado rural “carece de bens básicos”, não há sinais de desenvolvimento”, mas as pessoas, mesmo assim, dizem que votam MpD.

“As pessoas não têm informação e o poder local no Tarrafal, nomeadamente o MpD, joga muito com essa ignorância. Encontramos pessoas que se queixam, mas dizem que votam MpD. Isto acontece porque não estão informadas, não têm conhecimento do que é democracia e alternância do poder. É das comunidades mais pobres deste município e nota-se uma cegueira enorme nas pessoas, o que é triste”, lamentou o líder do MIT.

Esta “exploração da ignorância”, nas palavras de Cláudio Sousa, precisa ser desconstruída. E não é um trabalho que se esgota numa campanha eleitoral.

“Vamos continuar a fazer o nosso trabalho de ajudar as pessoas a conhecerem o sistema que tem estado a governar-nos. Ainda há muito trabalho a fazer, vamos continuar esta missão mesmo depois da campanha eleitoral. Vamos insistir nos próximos quatro anos de forma a termos uma população mais consciente possível para os momentos de decisão”, completou o cabeça de lista do MIT para a Câmara Municipal do Tarrafal.

Quanto às propostas do MIT para Biscainhos, Cláudio Sousa destaca, de entre outras ideias, a necessidade de se aproveitar o potencial turístico daquela região alta do Tarrafal, já que tanto Biscainhos como Achada Biscainhos “ficam muito bem localizados, com uma vista espectacular, mas que, infelizmente, quem está no poder não tem tido visão para aproveitar todo esse potencial turístico”, completou.

Para além de Cláudio Sousa (Movimento Independente Tarrafal) participam nessas eleições para a presidência da Câmara Municipal do Tarrafal, Celso Ribeiro (MpD), José dos Reis (PAICV), Domingos Semedo (Unidos por Tarrafal) e Holden Duarte (UCID).

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, concorreram, no concelho do Tarrafal, dois candidatos, tendo o MpD (José Soares) conquistado a câmara com 3.675 votos (53,70%), e o PAICV (José dos Reis Lopes Varela) alcançado 2.950 votos (43,11%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, neste município estão inscritos 12.071 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 10.884, dos quais 6.843 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

BN/CP

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos