Autárquicas 2020/Tarrafal: Biografia Domingos Gomes Semedo candidato independente

Tarrafal, 16 Set (Inforpress) – Domingos Gomes Semedo, 54 anos, estreia nestas eleições autárquicas de 25 de Outubro como independente para a Câmara Municipal do Tarrafal de Santiago.

Filho de Jacinto Mendes Semedo e Rosalina Mendes Tavares, Domingos Semedo, conhecido por Emílio Tita, é natural de Achada Moirão, no concelho de Tarrafal, onde fez o ciclo preparatório para depois seguir o ensino secundário no Liceu Domingos Ramos, na Cidade da Praia.

Mestre em Engenharia Informática pela Escola Nacional Superior de Informática para Indústrias e Empresa, em França, Domingos Semedo é formando em Informática de gestão pela Universidade de Toulouse, também em França.

Com mais de 20 anos de experiência bancária, o candidato independente é quadro superior da Caixa Económica de Cabo Verde e desde 2015 exerce o cargo de coordenador do Gabinete de Função Compliance.

De 2006 a 2007 foi coordenador do projecto RISKTF, em Paris(França), mas antes disso foi coordenador do projecto EDB, na Embaixada de Cabo Verde em Paris.

Ao longo dos seus 15 anos de docência, este candidato independente passou pelo Instituto Superior de Ciências Jurídicas e sociais, Universidade de Cabo Verde, Universidade de Santiago, e o Instituto Superior Ciências Económicas e Empresariais.

O mesmo tem várias formações profissionais ligada a gestão de riscos, prevenção de lavagem de dinheiro e financiamento contra terrorismo, branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo, segurança da infraestrutura tecnológicas, entre outras.

A nível político, Domingos Gomes Semedo foi militante do Movimento para a Democracia (MpD), mas com a escolha do partido para Celso Ribeiro, resolveu avançar com candidatura independente.

Sob o lema “Tarrafal é di nós. Nu trabadjal!”, este engenheiro junta-se a corrida para às eleições autárquicas de 25 de Outubro com Celso Ribeiro, candidato do MpD, José Dos Reis, candidato do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Holden Duarte, da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) e Cláudio Sousa, do Movimento Independente Tarrafal (MIT).

AM/CP
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos