Autárquicas 2020/São Vicente: Vamos ganhar mas queremos maioria para governar com tranquilidade – António Monteiro

Mindelo, 23 Out (Inforpress)- O candidato da UCID a presidente da câmara de São Vicente, António Monteiro, diz-se convicto que vai vencer as eleições, no domingo, mas pediu uma maioria absoluta para governar com tranquilidade.

António Monteiro, que fez hoje um balanço desta campanha eleitoral, disse não ter dúvidas de que vai vencer as eleições autárquicas em São Vicente, porque dispõe de “dados diários e sente no terreno uma rejeição elevadíssima para com as candidaturas de Augusto Neves e Albertino Graça”.

“A UCID vai vencer as eleições. Isso é garantido. Mesmo que se compre do sábado para domingo os bilhetes de identidade, porque já temos essas informações. Mesmo que se organize várias festas e passeios no sábado, para os jovens estarem fora da cidade do Mindelo no domingo, e que façam mil e uma truques vamos ganhar as eleições”, afirmou António Monteiro.

Instado a falar como decorreu a campanha por causa da pandemia da covid-19, o candidato da UCID garantiu que “a campanha foi desafiante” e mostrou que “é possível usar plataformas digitais para passar mensagem, sem gastos exorbitantes, e completar com contactos porta-a-porta para os que não têm acesso a esses meios”.

Questionado se caso não vencer com a margem folgada se estaria disposto a uma negociação com as candidaturas adversárias, António Monteiro sustentou que “esta questão não se põe porque a UCID vai vencer”.

Acrescentou que o que pode acontecer é que, “não tendo maioria absoluta, pode negociar com os outros partidos, mas isto deve ser feito através de um entendimento a nível da cúpula, por causa dos insultos que sofreu dos candidatos adversários”. Por isso, pediu “maioria absoluta”.

Isto porque, sustentou, “ganhar as eleições em são Vicente tem um impacto nacional, porque servirá de impulso para as legislativas e ajudará o partido a inverter o sistema político bipolarizado em Cabo Verde”.

Sobre a primeira coisa que vai fazer se for presidente, António Monteiro disse que vai reunir-se com os trabalhadores da CMSV e motivá-los para trabalhar para o desenvolvimento de São Vicente nos próximos quatro anos.

Hoje a candidatura da UCID esteve em contactos porta-a-porta na zona de Monte Sossego.

Para além de António Monteiro (UCID) concorrem ao cargo de presidente da câmara de São Vicente Augusto Neves (MpD), Albertino Graça (PAICV) e Nelson Lopes (Movimento Más Soncent).

Nas autárquicas de 2016, em São Vicente, concorreram Augusto Neves, pelo MpD, que teve maioria absoluta na câmara com 48,97 por cento (%) dos votos, António Monteiro (UCID), que conseguiu 28,28%, e Alcides Graça (PAICV) que teve 20,75%.

Em São Vicente, para as eleições do dia 25 de Outubro, estão inscritos 52.686 eleitores (mais 884 em relação ao escrutínio de 2016), dos quais 177 cidadãos estrangeiros, distribuídos por 142 mesas de voto.

A nível nacional, participa na corrida o total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal (2), Praia (4) e São Vicente (1).

CD/FP//CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos