Autárquicas 2020/São Vicente: Nelson Lopes “satisfeitíssimo” com primeira semana de campanha eleitoral

Mindelo, 15 Out (Inforpress) – O candidato do Movimento Más Soncent a presidente da câmara de São Vicente mostrou-se hoje “satisfeitíssimo” com o decorrer da primeira semana de campanha, precisando que vai afinar a estratégia de comunicação para a semana derradeira.

Nelson Lopes contou à Inforpress que o balanço da primeira semana de campanha eleitoral é “muito positivo”, tendo em conta a recepção da mensagem do movimento e as diversas manifestações de encorajamento que diz receber diariamente.

“Já levamos cerca de quatro meses em contactos com os sanvicentinos e as pessoas desde a primeira hora nos tem recebido lindamente”, concretizou, acrescentando que se trata de uma etapa “muito exigente”, ao mesmo tempo “gratificante”, porque é mais uma “experiência de vida ganha, que vale a pena”.

“A campanha faz-te sentir a realidade da ilha, e o Movimento Más Soncent nasceu em boa hora para vir fazer a diferença, para valorizar as pessoas de São Vicente”, sintetizou Nelson Lopes.

Em relação à estratégia para a derradeira semana de campanha, que principia esta sexta-feira, 16, Lopes promete trazer uma mensagem com “outra tonalidade” para a recta final da campanha eleitoral.

A partir de sexta-feira, 16, continuou, o Movimento Mas Soncent avança com uma outra estratégia para “atacar” a semana, sem mudar a mensagem/bandeira, que é levantar São Vicente a um outro patamar de desenvolvimento, mas vai “mudar um pouco” a estratégia de comunicação. Nesta última semana de campanha, o Movimento Más Soncet promete, por outro lado, incrementar as acções de prevenção da covid-19, pois “sem saúde não se consegue fazer absolutamente nada”.

“Nós que estamos à frente temos que dar o exemplo seguindo as regras na íntegra, pois queremos preservar as pessoas para manter um ambiente saudável”, concluiu.

Para além de Nelson Lopes (Movimento Mas Soncent), concorrem ao cargo de presidente da câmara de São Vicente Albertino Graça (PAICV), António Monteiro (UCID) e Augusto Neves (MpD).

Nas autárquicas de 2016, em São Vicente, concorreram Augusto Neves, pelo MpD, que teve maioria absoluta na câmara com 48,97 por cento (%) dos votos, António Monteiro (UCID), que conseguiu 28,28%, e Alcides Graça (PAICV) que teve 20,75%.

Em São Vicente, para as eleições do dia 25 de Outubro, estão inscritos 52.686 eleitores (mais 884 em relação ao escrutínio de 2016), dos quais 177 cidadãos estrangeiros, distribuídos por 142 mesas de voto.

A nível nacional participa na corrida o total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

AA/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos