São Vicente: Candidatura independente ‘Mas Soncente’ aprovada pelo tribunal após correcção de anomalias

Mindelo, 23 Set (Inforpress) – A candidatura do Grupo Independente Mas Soncente aos órgãos autárquicos de São Vicente, liderada por Nelson Lopes, foi aprovada pelo Tribunal da Comarca, após correcção de “pequenas anomalias” nas listas e nos registos criminais.

Em declarações à Inforpress, o mandatário da candidatura, Luís Rodrigues, disse que o sentimento “é de alegria” porque “esta etapa era fundamental” porque “se não fosse concluída todo o trabalho cairia por terra”.

Sobre as correcções solicitadas pelo Tribunal de São Vicente, o mandatário observou que “qualquer processo de candidatura tem sempre pequenas anomalias” e que foram convidados a corrigir “coisas de pequena monta”.

“No mapa temos uma coluna para efectivos, outra para suplentes, outra para homens e outra para mulheres. No tribunal pensaram que o primeiro nome da coluna de homens estava em dois lugares diferentes, como efectivo e como suplente”, revelou Luís Rodrigues, para quem solicitaram ainda a correcção nos registos criminais.

“Mandaram-nos corrigir os registos criminais, mas isto foi um lapso do tribunal porque tiramos as certidões na Casa do Cidadão e não colocam selo branco. Pensaram que eram cópias, mostramos que não, mas resolvemos a situação”, precisou a mesma fonte.

De acordo com a lista de candidatos, para a câmara lidera Nelson Lopes, seguido de Maria Sousa Lopes, Gracindo Évora (Grace Évora), Carlos Tanaia, Gisele Moreno, António Duarte, Zandir Santos, Hailine Cruz, Isaías Santos e Claúdia Fortes.

Para a Assembleia Municipal, lidera Albertino Gonçalves, seguido de Maria de Fátima Delgado, Armandina da Luz, Gilson da Cruz, Nélida Alves, Rosa Sousa, Jorge Duarte, Jaqueline Duarte, Idânia Tavares e Nilton Gomes.

CD/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos