Autárquicas 2020/São Vicente: Candidatura do MpD inclui construção de uma via rápida São Pedro/Calhau no programa eleitoral 

Mindelo, 19 Out (Inforpress) – A candidatura do MpD à câmara de São Vicente projecta construir uma via rápida São Pedro/Calhau, capaz de facilitar “toda a indústria pesada”, que se vai localizar na zona costeira sul de São Vicente.

A informação foi avançada à Inforpress pelo candidato do Movimento para a Democracia (MpD) a presidente da câmara de São Vicente, Augusto Neves, quando, este domingo, efectuava acção de contactos com os eleitores no vale do Calhau/Madeiral, no âmbito da campanha eleitoral autárquica.

Segundo a mesma fonte, esse anel rodoviário, que passará nas traseiras da zona de Flamengo, vai desanuviar o transporte de pesados na cidade, já que a partir do momento em que se iniciarem as obras da Zona Especial de Economia Marítima (ZEEM) vai haver “muita movimentação”, de navios, no terminal de contentores e nos estaleiros navais”.

“É necessário essa via rápida para o transporte de materiais e peças, o que vai evitar a entrada e saída de cargas pesadas no centro da cidade”, ajuntou Augusto Neves, que informou ainda que o projecto está no plano, aliás a câmara, precisou, encontra-se nesta altura a reorganizar o Plano de Desenvolvimento Municipal (PDM), que já foi aprovado.

“Urge essa reorganização do PDM e adaptá-la às exigências da ZEEM, incluir essa via rápida que vai facilitar toda a indústria pesada”, declarou o candidato.

E foi na zona do vale do Calhau/Madeiral, duas zonas com vocação agropecuária, onde fez campanha durante todo o dia de domingo, que Augusto Neves disse que está a desenvolver um projecto para a melhoria da produção local, juntamente com um privado e o Governo.

Sem avançar pormenores do mesmo, para evitar, como disse, ser interpretado como promessa de campanha, Neves apenas revelou tratar-se de um projecto “bastante interessante” de dessalinização de água e que vai transformar o vale “num dos mais verdes de Cabo Verde.

“É por isso que só pedimos a confiança e o voto da população no MpD para continuarmos a trabalhar”, concluiu.

Hoje, a caravana do MpD faz contactos porta-a-porta durante todo o dia na zona da Ribeirinha, a segunda com mais eleitores na ilha (5.091), logo atrás do Monte Sossego, que tem 6.446 eleitores inscritos nos cadernos eleitorais,

Para além de Augusto Neves (MpD), concorrem ao cargo de presidente da câmara de São Vicente Albertino Graça (PAICV), António Monteiro (UCID) e Nelson Lopes (Movimento Mas Soncent).

Nas autárquicas de 2016, em São Vicente, concorreram Augusto Neves, pelo MpD, que teve maioria absoluta na câmara com 48,97 por cento (%) dos votos, António Monteiro (UCID), que conseguiu 28,28%, e Alcides Graça (PAICV) que teve 20,75%.

Em São Vicente, para as eleições do dia 25 de Outubro, estão inscritos 52.686 eleitores (mais 884 em relação ao escrutínio de 2016), dos quais 177 cidadãos estrangeiros, distribuídos por 142 mesas de voto.

A nível nacional, participa na corrida o total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

AA/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos