Autárquicas 2020/São Salvador do Mundo: PAICV acusa adversário de “não ter ideia de governação” e de fazer “copy paste”

Achada Igreja, 21 Out (Inforpress) – O cabeça de lista do PAICV à câmara de São Salvador do Mundo, João Alberto de Barros, acusou o candidato do MPD de estar “sem iniciativa própria, sem condições” de continuar a frente da autarquia.

Em declarações à Inforpress, João Alberto argumentou que seu adversário não está em condições de continuar a governar o município porque entende que este não tem ideias de governação, nem iniciativas próprias tanto é que faz “copy paste” de outros concelhos geridos pelo MPD.

“Ele não tem ideias de governação, faz aquilo que lhe é pedido para fazer, não tem nenhuma iniciativa local da própria câmara. É aquilo que é cópia de outros concelhos e que o governo quer que ele faça que é feito, isso porque não tem ideias originais”, criticou.

João Alberto considera o lema do MPD sem criatividade e questiona ironizando “Juntos para fazer mais obras que vão para o chão? Mais perseguição e despedimento de pessoas? Mais para não cumprir as leis e mais abuso do poder?”

O candidato afirmou que nos quatro anos de mandato a equipa liderado por Ângelo Vaz não mostrou qualquer ideia que evidenciasse qualidade ou competência, mas que enquanto vereador da educação com o PAICV no poder trabalhou “muito mais”.

Seguro, o candidato do PAICV à liderança da câmara de São Salvador do Mundo reforçou que, na qualidade de presidente, vai “mostrar-lhe como se trabalha para a população”.

João Alberto afirma ser um candidato “transparente” e enalteceu que, enquanto director da escola secundária, vereador e presidente de associação comunitária não foi indicado nenhuma razão que indique esbanjamento ou corrupção.

O mesmo entende que a sua candidatura traz propostas estruturantes para os salvadorenhos e que estas são as melhores, por isso incentivou os eleitores a confiarem na sua equipa que considera ser a “única alternativa” para governar São Salvador do Mundo.

Com o lema “Prontu pa Sirbi Pico”, João Alberto diz-se “seguro” e que está a aguardar com “serenidade” a vitória no dia 25 de Outubro e assim dar inicio a uma nova dinâmica, nova era de desenvolvimento em São Salvador do Mundo.

Para além de João Alberto de Barros (PAICV), concorre ao cargo de presidente da câmara de São Salvador do Mundo, Ângelo Vaz, candidato do Movimento para a Democracia (MpD, poder) à sua própria sucessão.

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, em São Salvador do Mundo, estão inscritos 5.764 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 5.504, dos quais 3.899 votaram).

Nas autárquicas de 2016, neste concelho, concorreram o MpD (Ângelo Vaz) que conquistou a câmara com 2.025 votos (51,94%), e o PAICV (Manuel Torres) que obteve 1.760 votos (45,14%).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

CS/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos